McLaren avança nos trabalhos e anuncia que novo carro superou teste de impacto obrigatório da FIA

O novo MP4-32 que será guiado neste ano por Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne passou pelo crash-test obrigatório por parte da FIA, anunciou via Twitter a escuderia de Woking. A grande expectativa agora é sobre a pintura que o time vai adotar para o carro, que será lançado em 24 de fevereiro, mesmo dia da apresentação do novo modelo da Ferrari

 

Na tarde da última quarta-feira (25), a McLaren anunciou que o novo MP4-32, carro que será guiado por Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne em 2017, passou no teste de impacto obrigatório da FIA e está homologado para a temporada deste ano. O novo modelo será apresentado ao público dentro de quase um mês, no dia 24 de fevereiro, mesma data escolhida pela Ferrari para lançar seu novo carro.

 
“Depois de muito trabalho duro, quero agradecer aqueles que nos ajudaram a passar pelo crash-test da FIA. Agora vamos pintá-lo”, disse Éric Boullier, diretor de corridas da McLaren, em declaração publicada pela escuderia no Twitter.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

O diretor da McLaren anunciou o êxito do MP4-32 no crash-test obrigatório da FIA (Foto: McLaren)
Quanto à pintura do MP4-32, paira uma grande expectativa sobre a possibilidade de a McLaren voltar a adotar o layout retrô com predominância da cor laranja. Até a definição sobre como será apresentado o novo modelo, a escuderia de Woking vai trabalhar nos últimos preparativos para deixar o carro definitivamente pronto para o início dos testes de inverno, que vão ter lugar no circuito de Barcelona.
 
A pré-temporada será dividida em duas sessões de quatro dias cada. A primeira delas acontece entre 27 de fevereiro e 2 de março, enquanto a derradeira sessão ocorrerá entre 7 e 10 de março, se encerrando duas semanas antes da abertura do Mundial de F1, em Melbourne, com a disputa do GP da Austrália.
 
No ano passado, a McLaren conseguiu dar um salto de qualidade com resultados melhores e mais consistentes em relação a 2015, o primeiro da retomada da parceria histórica com a Honda. Em 2016, a escuderia de Woking terminou o Mundial de Construtores na sexta colocação, atrás de Mercedes, Red Bull, Ferrari, Force India e Williams.
ECCLESTONE FORA DA F1: DISCUSSÃO QUENTE NO PADDOCK GP

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube