McLaren revela áreas-chave para melhora e promete foco em curvas e mudanças de clima

James Key, diretor-técnico da McLaren apontou que a equipe precisa focar, em 2021, em corrigir dois problemas específicos que o carro tem apresentado em temporadas recentes

Apesar da campanha do ano passado ter sido uma clara evolução em relação ao passado recente, a McLaren quer ainda mais melhora para 2021. É o que James Key, diretor-técnico da equipe, deixa claro, e ainda aponta o foco que o time laranja deve ter em seu carro.

Segundo Key, em entrevista ao ‘Autosport’, são dois estes pontos: curvas de baixa velocidade e reação às mudanças de clima. De resto, o objetivo é manter o nível do restante do carro.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Lando Norris terá Daniel Ricciardo como parceiro (Foto: AFP)

“Nossa força são as curvas de alta velocidade. Desde o começo da temporada passada fomos competitivos nelas e nas de média velocidade. Em retas também, o que nos beneficiou em pistas como a da Áustria. Mas precisamos melhorar na questão das curvas em baixa”, começou Key.

“Não está tão ruim quanto em 2019, mas o nosso foco na McLaren é a melhora em tal fator, acertar o equilíbrio, a consistências neste tipo de curva. E também na questão do clima, em alguns o carro não mostra bom desempenho, tal como depende bastante da aderência, também”, seguiu.

“Precisamos entender isso, mas não vamos consertar da noite para o dia. É nossa meta, portanto. Se pudermos acertar isso, teremos um carro mais consistente de uma corrida para a outra”, completou.

O carro que Lando Norris e Daniel Ricciardo vão conduzir em 2021 ainda não teve o nome nem a data de lançamento revelados. A Fórmula 1, porém, tem data para começar: dia 28 de março, no Bahrein.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube