Mercedes diz “não ter dúvidas da integridade de Hamilton” e promete “nova fase de sucesso”

Toto Wolff afirma entender saída do piloto inglês e que foco está no êxito na temporada de 2024 da Fórmula 1

Em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (2), o chefe da Mercedes, Toto Wolff deixou claro que tem confiança na integridade de Lewis Hamilton mesmo após o heptacampeão surpreender o mundo da Fórmula 1 ao anunciar que está de partida para a Ferrari ao final deste ano. O austríaco salientou ainda que a equipe será transparente, não somente com seus pilotos, mas também engenheiros, e que independente dessas movimentações, o foco está no sucesso na temporada 2024.

A bomba foi jogada na quinta-feira. Primeiro, a Mercedes confirmou a saída de Hamilton ao final da temporada 2024. Minutos depois, foi a vez da Ferrari dar as boas-vindas ao #44, assim, encerrando a parceria de maior sucesso da história da F1 — o inglês venceu seis títulos de pilotos e 82 corridas com a marca alemã.

Com o anúncio da mudança sendo feito com praticamente um ano de antecedência, com uma temporada inteira pela frente, muito se especula sobre como será o trato da Mercedes com o heptacampeão mundial — seria normal, nesses casos, que algumas informações pudessem ser sonegadas, sobretudo as que são referentes ao desenvolvimento do carro, para não municiar a Ferrari a partir de 2025.

“Sempre tentamos ser transparentes e justos e nada irá mudar a esse respeito em 2024. Devemos isso ao nosso time e vou garantir que os pilotos respeitem isso. Em termos de desenvolvimento, isso é algo que iremos olhar. Vamos avaliar mais à frente na temporada”, declarou.

Foco da Mercedes está no sucesso da temporada 2024 (Foto: Rodrigo Berton/Warm Up)

“Mas isso não é algo que me incomoda. Temos engenheiros que vão a outras equipes. Eu não tenho dúvidas sobre a integridade de Lewis, com relação ao compartilhamento de informações. Queremos garantir que teremos uma temporada de sucesso para os pilotos e para a Mercedes. Daremos tudo para isso”, completou.

Wolff, que é chefe da equipe desde a chegada de Hamilton em 2013, afirmou que entende o fato de Hamilton necessitar de uma mudança, ainda mais após tanto tempo na casa, mas que ainda não é possível dizer qual oportunidade é melhor. Porém, o dirigente destaca que a Mercedes vai ter uma nova fase de sucesso e que a parceria com Lewis será uma página importante e lembrada, mas virada na história.

“Lewis disse que sentia que precisava de uma mudança, e eu posso entender isso. Tivemos 12 anos juntos, eu não sei se algum outro piloto esteve em uma equipe por tanto tempo. Nós alcançamos um tremendo sucesso. Sabemos que um contrato curto poderia oferecer oportunidades para ele e para nós, então, talvez, um acordo longo com a Ferrari no final de sua carreira?”, disse.

“Não conversamos se a oportunidade era melhor lá, pois acho que ainda não dá para dizer. O que eu posso prometer é que iremos construir uma nova fase de sucesso. Mais vitórias e campeonatos nos anos que virão e vamos olhar para trás no tempo muito, muito bom com Lewis na Mercedes”, finalizou.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.