Mercedes enxerga risco de McLaren virar rival em 2021, mas garante: “Estamos prontos”

Toto Wolff acredita que ter mais clientes no grid é um benefício para a Mercedes em termos financeiros e de desenvolvimento, mas confessou que teme uma possível rivalidade com a McLaren, que vive bom momento de reconstrução e pode avançar com a parceria de fornecimento de motores a partir de 2021

McLaren e Mercedes vão reeditar a clássica parceria para fornecimento de motores a partir de 2021. A montadora alemã e o time de Woking estiveram juntos entre 1995 e 2014, em uma colaboração que rendeu três títulos mundiais de pilotos.
 
A Mercedes domina a F1 desde 2014, mas confessa que teme o crescimento da nova parceira como uma rival para os próximos anos. Hoje, a McLaren ocupa a quarta posição no Mundial de Construtores, com sua melhor campanha em muito tempo, utilizando os motores Renault.
 
"No geral, temos muitos prós, mas existe um risco: se a McLaren fizer um bom trabalho, vão crescer e talvez se tornar referência ao ponto de dizer que é o mesmo motor e não estamos com um trabalho bom o suficiente. Porém, pela nossa posição com sete anos de era híbrida, estamos preparados para este passo", comentou Toto Wolff, chefe de equipe da Mercedes, em entrevista.
Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)
Na opinião de Wolff, também é importante que a Mercedes tenha mais clientes, já que isso ajuda no lado financeiro e também no desenvolvimento das unidades de potência. Em 2021, os alemães terão oito motores no grid.
 
"Aprendemos que é uma vantagem ter mais motores no grid. Talvez exista uma questão de processo e logística, porque todos precisam de fornecimento ao mesmo tempo, mas existem mais vantagens nisso no futuro. Tem o lado financeiro, que é uma questão de fluxo de caixa que ajuda no lado do motor", completou.
Paddockast #36
O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube