Mercedes espera corrida “espetacular” em Austin com melhor gestão dos pneus

Na visão de Toto Wolff, a vitória da Mercedes no México mostrou o quão faminto é o time, que mesmo com o título de Construtores garantido, se esforçou para conquistar mais uma vitória de almanaque. Chefe também espera time com desempenho melhor em relação aos pneus

A Mercedes chega no GP dos Estados Unidos com a forte possibilidade de Lewis Hamilton conquistar o título mundial da F1 pela sexta vez. Para o inglês, basta um oitavo lugar e ele não poderá mais ser alcançado pelo companheiro Valtteri Bottas.
 
Toto Wolff, chefe de equipe, afirmou que a vitória recente de Hamilton no México provou que a Mercedes ainda tem fome para trazer o melhor resultado possível. O time conquistou o Mundial de Construtores no GP do Japão, o sexto consecutivo.
 
"Depois de conquistar o título de Construtores no Japão, dissemos que queríamos terminar a temporada com estilo, e a corrida no México foi a primeira prova disso. Mostrou o quão faminto este time é. Todos se esforçam pelo melhor resultado. Esta foi a 100ª vitória da Mercedes na F1, uma grande marca na nossa tradição no automobilismo e uma marca que é uma prova de talento e dedicação de muitas pessoas que trabalham aqui", comentou Wolff.
Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)
A Mercedes venceu todas as corridas nos Estados Unidos entre 2014 e 2017, mas foi surpreendida em 2018 pelo triunfo de Kimi Räikkönen, que estava na Ferrari. Segundo Wolff, os problemas com pneus do ano passado foram resolvidos.
 
"Temos um histórico bom em Austin, mas tivemos dificuldades no ano passado com economia de pneus. O W10 trata melhor os pneus que o carro de 2018, então o problema deve ser menor neste ano. COTA produz boas corridas com várias ultrapassagens, então esperamos um domingo espetacular em Austin", continuou.
 
O chefe de equipe também falou sobre a atmosfera do público texano, esperando a aparição de novos fãs, já que o GP dos Estados Unidos bateu recorde na venda de ingressos, impulsionado pela série ‘Drive to Survive’.
 
"O público normalmente é animado, e tenho certeza que vamos encontrar novos fãs graças ao sucesso da série da Netflix no F1. É ótimo ver a audiência crescendo no mercado americano, e vamos lutar duro para que a corrida deste ano contribua para o crescimento do interesse no nosso esporte", concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube