Mesmo com saída confirmada, Honda promete novo motor para Red Bull em 2021

Em busca de batalhar com Mercedes, equipe dos energéticos terá novidade no motor apesar da parceira estar com saída confirmada

A Honda oficializou a decisão de deixar a Fórmula 1 ao fim da temporada 2021, mas não vai entregar os pontos antes disso. Por isso, mesmo com saída confirmada, a fábrica japonesa garantiu que entregará um motor repaginado para a Red Bull lutar pelo título mundial no ano que vem.

O presidente e diretor-executivo da Honda, Takahiro Hachigo, afirmou que o objetivo para o último ano da presença no Mundial segue sendo o mesmo: conquistar o título da F1.

“Ainda temos sete corridas pela frente em 2020 e uma temporada inteira ano que vem. Para o próximo ano, apresentaremos nossa nova unidade de força, então, juntos com a Red Bull, vamos mirar no título mundial”, afirmou.

Após voltar à F1 em 2015 como fornecedora de motores da McLaren, a fábrica viu a parceria naufragar de maneira retumbante em três anos. A recuperação veio a partir de 2018: primeiro com a então Toro Rosso, depois, em 2019, com a Red Bull.

“Os primeiros três anos foram de muita dificuldade, mas passamos por isso e já conseguimos cinco vitórias. Então, de alguma forma, creio que deixamos uma trilha interessante de vitórias”, argumentou.

“Ano que vem, seguiremos fazendo nosso melhor. Espero que os fãs continuem conosco e nos deem suporte”, falou.

De acordo com Hachigo, a Red Bull soube da possibilidade da Honda deixar a fotografia em agosto.

“Temos pensado em muitas coisas. Em agosto, comunicamos nossas considerações à Red Bull e, em setembro, afirmamos que estávamos determinados a concluir nossa participação”, finalizou.

A F1 volta na semana que vem, com o GP do Eifel, em Nürburgring.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube