Andretti desafia e pede à FIA licitação para entrar na Fórmula 1: “Vamos vencer todos”

Michael Andretti garantiu que dinheiro não é problema e pediu à FIA que abra licitação por vaga no grid da Fórmula 1, se assim desejar

Michael Andretti não desiste de colocar a sua equipe na Fórmula 1. Mas se a FIA parece não dar muita atenção às intenções do grupo americano de ser o 11º nome a compor o grid, Andretti agora também não quer apenas ver sua inscrição ser aprovada. Ele pediu, inclusive, que fosse feita uma licitação, garantindo que pode vencer qualquer candidato numa eventual disputa pela vaga.

À agência de notícias AP, Andretti disse que conversou com o chefe da Liberty Media, Greg Maffei, sobre o assunto. “Falei com Greg e disse: ‘Apenas faça uma licitação. Vamos vencer todos’.”

“É só isso que peço. Eles não deveriam apenas nos dar [o lugar]. Dê-nos uma chance e venceremos todos os outros. Temos grandes torcedores. Dinheiro não é problema”, ressaltou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Pista de rua veloz e extravagância: o que a F1 encontra na estreia em Miami

Michael Andretti não desiste da F1 (Foto: Indycar)

Em fevereiro, Mario Andretti revelou que a equipe que leva o sobrenome da família já possuía um acordo com a Renault para o fornecimento de motores na F1. O filho Michael disse ainda que o projeto “cumpria cada requisito” estabelecido pela FIA, pedindo que a resposta à solicitação fosse rápida.

Os americanos também buscam o que seria um caminho mais convencional: a compra de alguma equipe. O CEO e presidente do grupo confirmou que chegou a negociar com a Sauber, atualmente representada pela Alfa Romeo, mas desistiu quando o time de Hinwil quis manter o controle criativo.

Quem também esteve no radar da Andretti foi a Haas. O empresário revelou que foram ao menos cinco tentativas de comprar a equipe do compatriota Gene Haas, porém sem sucesso.

Presente em Miami para acompanhar o GP que acontece neste fim de semana, Andretti afirmou que teve uma reunião com o presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, que classificou como “positiva”. “Ele disse que está apoiando o processo. Ainda há um longo caminho a percorrer. Mas é bom, Mohammed gostou do que apresentamos. Não quero falar muito, eles não querem falar muito sobre isso. Mas são coisas positivas.”

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP de Miami AO VIVO E EM TEMPO REAL. Logo mais, o TL2 está marcado para as 18h30 (de Brasília, GMT-3).

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar