Schumacher, Doohan, Zhou… Quais são as opções para vaga de Ocon na Alpine em 2025?

Com a saída oficial de Esteban Ocon da Alpine, vários são os nomes que surgem como possíveis candidatos à vaga, desde os velhos conhecidos às jovens promessas da academia de Enstone

Era uma vaga que todos sabiam estar disponível, afinal, os dois pilotos atuais só têm contratos até o término de 2024, mas o anúncio da Alpine de que Esteban Ocon vai mesmo deixar o time ao final desta temporada trouxe outros nomes à baila. E as opções vão desde velhos conhecidos a jovens promessas que estão na academia.

O fim do vínculo entre Ocon e Alpine vem na esteira dos acontecimentos do GP de Mônaco e o incidente entre o #31 e o companheiro de equipe, Pierre Gasly, ainda na primeira volta. Por muito pouco, ambos não abandonaram após Esteban forçar uma ultrapassagem sobre o compatriota antes da entrada do túnel, atitude que revoltou a cúpula de Enstone.

Logo após o abandono de Ocon na corrida monegasco, o chefe, Bruno Famin, falou em “consequências sérias”. A imprensa estrangeira, então, passou a especular que o time francês cogitava deixar o piloto de fora do GP do Canadá, dando lugar ao reserva Jack Doohan. A notícia, no entanto, foi negada.

Agora que a saída do piloto francês após cinco temporadas com a base em Enstone foi oficializada, o jovem australiano sai do campo da hipótese e vira sério candidato à vaga. Doohan surpreendeu ao confirmar que não disputaria mais uma temporada de Fórmula 2 depois do terceiro lugar em 2023, mas deu sequência ao cronograma de testes privados e já avisou que está “de prontidão” para correr na F1.

Mick Schumacher posa com companheiros e carro da Alpine para WEC 2024 (Foto: Alpine)

Outro que certamente é visto como nome forte é Mick Schumacher. Recrutado pela Mercedes para ser um dos reservas após deixar a Haas ao final de 2022, o alemão aceitou a proposta de se juntar à marca francesa no Mundial de Endurance (WEC) nos hipercarros. Só que os elogios recentes vindos do chefe, Bruno Famin, imediatamente colocaram o filho de Michael Schumacher novamente no páreo para retornar à principal categoria dos monopostos no mundo.

“Ele é uma das possibilidades, com certeza. Mick está fazendo um trabalho incrível no endurance, impressionando com a sua mentalidade”, disse Famin ao portal neerlandês RacingNews365.

Há também a turma cujo término de contratos é em 2024, e o que não faltam são nomes. Guanyu Zhou, por exemplo, sabe que não é prioridade na Sauber — que quer a todo custo Carlos Sainz ao lado de Nico Hülkenberg durante a transição para a Audi — e declarou que está com o leque de alternativas para o ano que vem aberto. O desejo do chinês é definir o futuro logo.

Há também Valtteri Bottas, porém o finlandês anda em negociações com Williams — assim como Sainz, em busca de um lugar melhor que Hinwil ao menos para a temporada 2025. Acontece que a Mercedes também tem muito interesse no posto atualmente ocupado por Logan Sargeant caso escolha o caminho convencional e leve o pupilo Andrea Kimi Antonelli primeiro para o ‘estágio’ em Grove. Não há, portanto, garantias para o veterano no grid.

Quem também precisa assegurar algum lugar é Kevin Magnussen, cada vez mais distante da vaga na Haas, que deve ter a promessa da academia da Ferrari, Oliver Bearman, em um dos cockpits — aliás, a outra vaga, a deixada por Hülkenberg, pode ficar justamente com Ocon, uma vez que a imprensa italiana revelou que há conversas entre as partes.

Jack Doohan (à esq.) já é especulado pela imprensa estrangeira para vaga na Alpine (Foto: Alpine)

Outros dois contratos que se findam em 2024 são os de Yuki Tsunoda e Daniel Ricciardo. O australiano, que já teve passagem pela Renault, viu-se bastante pressionado no início do ano por conta da falta de resultados. Já Tsunoda, em sua melhor fase na categoria, desperta o interesse de rivais, e a BBC britânica coloca a Alpine entre elas.

Por fim, há também o outro integrante da academia, Victor Martins, porém o francês vem em ano muito aquém do esperado na F2. A ART ainda não conseguiu se encontrar com o novo carro, e Martins também vem acumulando erros que custaram pontos cruciais na temporada.

Fórmula 1 retorna de 7 a 9 de junho com o GP do Canadá, nona etapa da temporada 2024.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.