Montezemolo diz que Massa “ainda é importante para Ferrari”, mas ressalta: “Tenho de pensar no futuro”

Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari, afirmou que situação de Felipe Massa na equipe ainda não foi resolvida. Dirigente destacou que brasileiro é importante para a escuderia, mas ainda precisa de resultados para definir futuro

A situação de Felipe Massa na Ferrari parece estar longe de ser definida. No último ano de seu contrato com o time, o brasileiro tenta superar a má fase que marcou seu início de temporada de 2012, e a ausência de bons resultados coloca em risco sua posição na equipe — já há algum tempo.
 

Montezemolo diz que Massa precisa dar bons resultados (Foto: Ferrari)


Em entrevista à emissora CNN, Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari, falou sobre a renovação do contrato do piloto e disse que “ainda não” há novidades. O dirigente destacou que Felipe segue sendo importante para o time, mas frisou que Maranello precisa de dois pilotos competitivos.

“Vamos ver. Com certeza, ele tem de nos dar bons resultados e Felipe foi, e ainda é, um piloto importante para a Ferrari”, afirmou. “Não estamos com uma arma aqui para decidir. Vamos ver”, continuou, então fazendo a ressalva ameaçadora. “Mas tenho de olhar para o futuro e precisamos de dois pilotos muito competitivos. Vamos ver”, concluiu.

Massa vem de um quinto lugar na Bélgica, considerado "maravilhoso" pela equipe italiana depois de ter largado em 14º. Mas a classificação do campeonato tem sido cruel: 164 a 35 em favor de Alonso.

O Grande Prêmio cobre 'in loco' a 13ª etapa do Mundial de F1 direto de Monza, na Itália, com Evelyn Guimarães. Acompanhe o noticiário aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube