Na Garagem: Piquet derrota Reutemann em Las Vegas e alcança título da F1

Depois de bater na trave em 1980, Nelson Piquet partiu para Las Vegas com a missão de virar o jogo contra Carlos Reutemann. Enquanto Carlos fazia uma prova péssima, Nelson garantia o quinto lugar. 35 anos atrás, o Brasil alcançava seu terceiro título na F1

35 anos atrás, o Brasil conquistava seu terceiro título na F1. Depois do bicampeonato de Emerson Fittipaldi e um breve período de vacas magras para o país, Nelson Piquet surgiu como o novo grande nome do país na categoria. Em um 1981 de altos e baixos, Piquet despontou como grande adversário do argentino Carlos Reutemann. Um na Brabham, outro na Williams. A disputa, acirradíssima, só foi decidida na etapa final, o GP de Las Vegas: em 17 de outubro de 1981, Nelson assegurou a conquista ao terminar em quinto lugar.
 
Foi a consagração para um piloto que já havia batido na trave em 1980. Depois de ter perdido o campeonato para Alan Jones na temporada anterior, Nelson Piquet retornou ainda mais competitivo no ano seguinte. A falta de confiabilidade deixou de ser um problema tão grave, permitindo o embate de igual para igual com as emergentes Williams.
Largada em Caesars Palace (Foto: Reprodução)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
A temporada de 1981 teve 15 provas e a decisão do título ficou para a etapa final, em um improvisado circuito montado em Las Vegas, no estacionamento do famoso hotel Caesars Palace. Nelson Piquet, aos 29 anos, e Carlos Reutemann, com 39, disputaram aquele campeonato praticamente ponto a ponto.

 
Em Las Vegas, Nelson precisava apenas chegar na frente do adversário. Apesar de largar da pole, Carlos não conseguiu impor um bom ritmo na corrida e acabou fora da zona de pontos, em oitavo. Piquet chegou em quinto, enquanto o antigo algoz Jones vencia. Foi o suficiente para o carioca celebrar seu primeiro título mundial. A diferença na ponta da tabela ficou em apenas 1 ponto.
 
Era o primeiro grande ato da trajetória de Piquet na F1, que se estenderia até 1991. Os títulos de 1983 e 1987 – um com a Brabham, outro com a Williams – serviram para sacramentar o brasileiro como um dos maiores vencedores da categoria. O nome Nelson Piquet nunca mais abandonaria o imaginário popular.

Veja o GP de Las Vegas na íntegra:
 

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar