Novato em 2019, Norris “não está preocupado” em repetir rendimento ruim de Vandoorne na McLaren

Lando Norris, assim como Stoffel Vandoorne, teve a carreira nas categorias de jovens supervisionada pela McLaren. Mas Vandoorne, quando enfim chegou à F1, não conseguiu mostrar o talento dos anos anteriores. Sem pensar nisso por enquanto, Norris quer aprender e evoluir

A McLaren segue o trabalho na tentativa de se recuperar e voltar a ser força no grid da F1. Agora, no entanto, como uma nova dupla de pilotos. Fernando Alonso deu lugar a Carlos Sainz Jr., uma contratação vinda de fora, enquanto Lando Norris assume a vaga de Stoffel Vandoorne no papel de piloto que teve a carreira ligada ao time de Woking. Norris, entretanto, garante que o fracasso de Vandoorne não martela na cabeça.
 
Sucumbir a um destino como o belga teve, sem jamais impressionar como fez durante a carreira nas categorias-satélite, está fora do campo de preocupações com as quais Norris vai abrir a temporada. O momento é de trabalhar para aprender, ajustar o desempenho na comparação com Sainz e conseguir tirar o máximo do novo carro.
 
"É difícil para mim falar sobre o que aconteceu para ele não conseguir a performance máxima. Vou focar em mim mesmo. Se Carlos me vencer na primeira corrida, vou analisar exatamente o motivo dele ter sido mais forte. Tenho toda a temporada para aprender e me adaptar. Não estou preocupado agora", afirmou à revista alemã 'Auto Motor und Sport'.
Lando Norris (Foto: McLaren)

Com relação à McLaren, garantiu que o trabalho e as decisões recentes da equipe animaram os funcionários. 

 
"Dá para sentir o que está acontecendo. Estive na fábrica e conheci muita gente. Acho que a fundação [para tudo dar certo] se faz agora", disse.
 
Apesar de haver um otimismo e aprovação geral na equipe neste momento, Norris sabe e deixa claro: isso não vai levar o time às vitórias em 2019.
 
"Todo mundo tem confiança uns nos outros e sabemos como melhorar o carro. Sei que isso também foi dito ano passado, mas trabalhamos muito em entender o carro desde aquele momento para descobrir as causas dos problemas", falou.
 
"Ao mesmo tempo, sei que não vai haver uma solução da noite para o dia. Certamente não vamos vencer corridas neste ano", garantiu.
 
A pré-temporada começa em fevereiro, na Espanha.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube