Ocon diz ter “resultados fortes” no ano e espera pontos na Alemanha: “Das pistas que mais conheço”

Antes da pausa de verão, Esteban Ocon deseja manter a boa sequência de resultados que encontrou a partir do GP de Mônaco e terminar a prova na zona de pontuação. Para o circuito alemão, Ocon acredita que os motores Mercedes serão a diferença

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Esteban Ocon espera que a boa performance da Force India traga bons resultados nas duas corridas antes da pausa de verão. Pela primeira vez, o piloto estará em Hockenheimring como titular da F1, no próximo domingo (22) e acredita que a pista será um fator benéfico para a equipe indiana.
 
Com pontos em quatro das últimas cinco corridas, Ocon subiu no Mundial de Construtores e ocupa a 11ª posição, um ponto à frente de seu companheiro de equipe, Sergio Pérez. Na campanha deste ano, o piloto havia marcado apenas um ponto até o GP da Espanha, quinta etapa da temporada, mas avançou com pontos em todas as corridas que terminou, e vem de um sétimo lugar de Silverstone.
 
"Eu me sinto pronto para as duas últimas corridas antes das férias de verão. Temos encontrado desempenho como um time com resultados fortes nas últimas corridas e eu quero ter dois bons [resultados] antes das férias”, declarou Ocon.
Force India espera brigar pela quarta posição até o fim da temporada (Foto: Force India)
Depois do duplo abandono na França, a Force India anotou 21 pontos nas últimas duas corridas e segue viva na briga com a Haas para alcançar o quarto lugar que, hoje, pertence à Renault. O time, que teve um início lento em 2018, parece ter achado o acerto que pode torná-la competitiva no pelotão intermediário. Além disso, Ocon está pessoalmente confiante com o traçado do GP da Alemanha, onde obteve dois pódios em 2014, ano de seu título na F3 Euro.
 
“Hockenheim é uma das pistas que mais conheço. Eu pilotei muito neste circuito durante a minha carreira, primeiro na F3, mas também durante minha experiência na DTM com a Mercedes. É uma daquelas pistas históricas que são importantes para a F1 e há sempre muitos fãs que vêm nos ver com cards, mensagens e cartas. É importante ter um GP da Alemanha e é sempre um sentimento especial a correr lá", acrescentou.
 
Do ponto de vista técnico, Ocon vê o traçado com características que podem favorecer a Force India durante o fim de semana, principalmente frente à Renault e Haas, que possuem motores diferentes. Para o francês, as retas poderão maximizar os benefícios da unidade de potência da Mercedes e isso pode significar bons pontos ao fim da prova.
 
“A pista deve se adequar a nós por causa das retas longas e das curvas lentas, por isso é uma chance de ganhar mais pontos. Eu gosto do circuito. Tem boas oportunidades de ultrapassagem, especialmente o grampo no final de uma longa reta. A corrida geralmente é bem próxima, então esperamos ter uma prova divertida no domingo", encerrou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube