Ocon reconhece que “não ganha nada” sem correr, mas aposta em memória da Mercedes para voltar à F1

Fora da F1 na temporada 2019, Esteban Ocon admitiu que tem pouco que pode fazer para convencer que merece uma vaga na F1. Ainda assim, o francês apostou na boa memória da Mercedes para retornar ao grid

Esteban Ocon aposta que a memória da Mercedes é seu maior argumento para voltar à F1. O francês perdeu a vaga na Racing Point para Lance Stroll após a Force India ser vendida para um consórcio liderado por Lawrence Stroll, pai do agora ex-piloto da Williams.
 
Integrante do programa de jovens pilotos da Mercedes, Ocon vai atuar como reserva em 2019, mas acredita que os feitos do passado seguem vivos na memória da escuderia de Brackley.
 
Questionado pela revista britânica ‘Autosport’ sobre o que pode fazer para melhorar suas chances para 2020, Ocon respondeu: “Eu não sei”.
Esteban Ocon aposta na memória da Mercedes para recuperar vaga na F1 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

“Quando você não está correndo, você não ganha nada”, ponderou. “Espero que esses dois anos tenham sido suficientes para provar que eu mereço uma vaga para 2020”, torceu.

 
No programa de jovens talentos da Mercedes desde 2016, Ocon apostou que a fábrica prateada vai se lembrar de seus feitos, mesmo com um ano de afastamento da F1.
 
“Tenho sorte, é positivo ter um apoio enorme da Mercedes”, comentou Ocon. “Mesmo nos momentos difíceis, eles lembram do meu potencial e do que eu fiz. Isso é diferente em relação a outros programas de jovens pilotos na F1”, apontou.
 
“A Mercedes se lembra, eles não te deixam só, seguem te apoiando e acreditando no seu potencial”, exaltou. “Quando eles te recebem, é por um longo tempo. Isso é o que eu vejo de positivo no momento”, seguiu.
 
Sem muitas alternativas, Esteban sabe que apenas a performance na pista poderá garantir seu retorno à F1.
 
“A única coisa que eu posso fazer é falar na pista”, admitiu. “Eu acredito que todos estão felizes com o trabalho que eu fiz, então isso é tudo que posso fazer. O resto não está nas minhas mãos”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube