Ocon revela que não sente estresse por estar na F1 e que “é apenas um prazer competir no mais alto nível”

Esteban Ocon garantiu que não sente mais pressionado para conseguir resultados melhores em 2018, depois da forte campanha que teve na Force India neste ano. O francês disse que sequer se sente estressado por estar na F1, “é apenas um prazer”

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Um dos destaques da temporada ao volante da Force India, Esteban Ocon insistiu em dizer que não se sente pressionado por resultados ainda melhores em 2018. O francês de 21 anos impressionou neste ano e se mostrou um piloto forte ao bater de frente com o companheiro Sergio Pérez, que já adiantou que o próximo Mundial será de muito mais cobrança para o jovem.

 
Ao falar dos comentários do mexicano, Ocon tratou de minimizar as consequências da grande campanha feita em 2017. "Pérez gosta de fazer esse tipo de declaração. Mas faz parte do jogo. Eu vou seguir fazendo o meu trabalho e não sinto que vai haver uma grande pressão", afirmou o piloto em entrevista à revista francesa 'Auto Hebdo'.
Esteban Ocon também é piloto do programa da Mercedes (Foto: Force India)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A temporada, na verdade, foi marcada por uma enorme tensão entre os dois colegas de equipe, por conta das duras batalhas travadas por eles, incluindo toques e acidentes. A esquadra indiana, inclusive, teve de intervir para esfriar a intensa disputa. Ainda assim, a dupla se mostrou equilibrada e ajudou a Force India a se fortalecer na quarta colocação no Mundial de Construtores.

 
"Sergio e eu entendemos que cruzamos alguns limites neste ano e que perdemos chances de somar pontos extras para a equipe, mas termos de resultado, foi a melhor temporada da Force India. E agora entendo que as pessoas vão esperar mais de mim e que não sou mais um estreante, mas só posso dizer que, depois de entrar na F1, não sinto mais estresse. É um prazer competir no mais alto nível", disse o jovem.
 
Por fim, Ocon não hesitou em falar sobre o objetivo futuro que tem para a carreira. "Eu confio totalmente na Mercedes no que diz respeito à minha carreira. Desde que entrei no programa, eles sempre tomaram a decisão correta e agora estou centrado no meu trabalho com a Force India", concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube