Bearman admite Fórmula E e Indy como opções, mas afirma: “Estou pronto para F1”

Mesmo encaminhado para ser titular da Haas na Fórmula 1 em 2025, Oliver Bearman mantém possibilidades em categorias para seguir carreira

Oliver Bearman parece fadado a ser titular na Fórmula 1, e já há rumores dão conta de que o britânico deve assumir mesmo lugar na Haas em 2025. O piloto da Prema na Fórmula 2 disse estar pronto para a promoção, mas não fecha portas para outras categorias e revelou ter a Fórmula E e a Indy como opções.

Antes mesmo de substituir Carlos Sainz no GP da Arábia Saudita, realizado em março desse ano, Bearman já despontava como opção #1 na Haas, onde é piloto reserva. Por regulamento, cada equipe deve disponibilizar dois treinos livres 1 ao longo do ano para competidores com menos de três GPs realizados na categoria. O time liderado por Ayao Komatsu, no entanto, escalou o britânico para seis atividades, indicando que prepara o jovem para ser titular em breve.

Por enquanto, a Haas ainda não anunciou nenhum piloto para a temporada de 2025, mas já sabe que não contará com Nico Hülkenberg, que assinou contrato com a Sauber e permanecerá em 2026, quando a Audi assume o projeto. Kevin Magnussen, outro titular com contrato em vigência, não tem a renovação garantida.

Apesar do caminho parecer pavimentado para a Fórmula 1, Bearman tem olhares para outras categorias e mantém aberto o leque de possibilidades para as próximas temporadas. Vale destacar que a Prema terá uma operação com dois carros em 2025 na Indy.

Oliver Bearman considera Indy e Fórmula E como opções (Foto: F2)

“Meu objetivo principal é a Fórmula 1. Vou tentar explorar o que puder para estar lá. Se não for possível, pois sempre há um ou dois lugares por ano, as melhores opções são Fórmula E e Indy. São duas categorias excelentes por si só e também muito competitivas”, admitiu.

Bearman também fez questão de ressaltar que o foco nesta temporada está na Fórmula 2, onde espera recuperar terreno após início de campeonato inconstante, mas também prejudicado por não ter corrida em Jedá, quando substituiu Sainz na Ferrari — na ocasião, terminou em sétimo, como o piloto do dia. Após cinco rodadas duplas disputadas, marcou 18 pontos, 62 a menos que Paul Aron, líder do certame.

“Quero chegar à F1, mas estou totalmente focado na F2. Meu objetivo agora é terminar no pódio, subir no degrau mais alto, pois sei que temos trabalhado duro. Por razões maiores, não consegui isso em Jedá. Acho que merecemos mais e vamos em busca disso”, pontuou.

No entanto, Bearman não esconde que está em ‘modo espera’ para competir na Fórmula 1. O britânico disse estar pronto para assumir um lugar na categoria mais popular do planeta.

Oliver Bearman foi chamado de última hora, mas correspondeu em Jedá (Foto: AFP)

“Mostrei na Arábia Saudita que estava pronto para entrar em ação em curto espaço de tempo. Feliz com o trabalho que fiz por lá, mas espero que não seja necessário assumir uma vaga na F1, pois o foco principal, ao menos nessa temporada, é a F2”, disse.

“Mantenho meu telefone ligado. Se receber uma ligação, estou pronto e bem mais preparado. Toda vez que entro no carro tenho mais quilometragem, então isso também é uma boa coisa”, encerrou Bearman.

Fórmula 1 retorna de 7 a 9 de junho com o GP do Canadá, nona etapa da temporada 2024, enquanto a Fórmula 2 faz uma pausa e retorna no final de junho, entre 21 e 23, para a rodada da Espanha, em Barcelona. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.