Piastri culpa “falta de clareza” da Alpine sobre planos para 2023 por ida à McLaren

Oscar Piastri afirmou que a demora da Alpine para definir a vida para ano que vem foi fundamental para decisão de sair

TUDO SOBRE A CLASSIFICAÇÃO DO GP DA HOLANDA DE F1 | Briefing

O imbróglio envolvendo Oscar Piastri chegou ao fim na última sexta-feira, quando o Escritório de Regulação de Contratos da F1 [CRB, na sigla em inglês] definiu que o piloto não tinha acordo válido com a Alpine para a temporada 2023 e, assim, podia assinar o contrato com a McLaren da maneira que aconteceu. Piastri, assim, será companheiro de Lando Norris no ano que vem. O piloto explicou o motivo de resolver abandonar a Alpine quando parecia certo para receber a vaga em 2023.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Relacionadas


A conclusão do processo por parte do CRB trouxe uma informação nova: a de que Piastri assinou com a McLaren em 4 de julho — dois meses atrás, portanto. De acordo com o australiano, o motivo de resolver partir assim foi não saber o que a Alpine gostaria de fazer para o ano seguinte.

Naquele momento, com Esteban Ocon sob contrato, declarava publicamente a vontade de seguir contando com Fernando Alonso. Assim, obrigatoriamente, não teria a vaga prometida para 2023. Podia ir à F1, mas provavelmente emprestado a uma equipe menor, nos moldes do que a Mercedes fez com George Russell. A chance da McLaren mudou o panorama.

OSCAR PIASTRI; FÓRMULA 2; ABU DHABI;
Oscar Piastri foi o grande nome da Fórmula 2 em 2021 quando apoiado pela Alpine (Foto: Fórmula 2)
Paddockast #163: Os segundões da F1 2022: dá para confiar em Sainz e Pérez?

“O CRB confirmou que eu não tinha contrato para a temporada 2023. Era livre para decidir meu destino, e senti que a McLaren era uma grande oportunidade. Foram muito honestos comigo e quiseram bastante contar comigo, estavam entusiasmados com a ideia de que eu ficasse com eles”, disse ao site inglês The Race.

“Para ser honesto, havia uma falta de clareza com relação ao meu futuro na Alpine. Eles publicamente afirmaram que gostariam de continuar com Fernando por mais um ou dois anos. E eu respeito isso! Mas depois de ficar um ano fora das competições, minhas esperanças estavam em ficar com uma vaga da Alpine”, contou.

LEIA MAIS
+ Alpine fica sem Piastri e ainda é condenada a pagar R$ 3,2 milhões em decisão da FIA
+ Restam 5 vagas: como está o grid da Fórmula 1 2023 após anúncio de Piastri na McLaren

“A falta de clareza e, assim como aconteceu com Fernando Alonso, uma sensação um tanto quanto estranha nas negociações, fizeram sentir que [ficar no time] não era a decisão certa para mim”, contou.

“Com a falta de clareza ao redor do meu futuro e, no fim das contas, uma quebra de confiança, senti que a oferta muito atraente e as conversas positivas com a McLaren eram razões pelas quais eu sentia que a McLaren era onde eu estaria melhor no futuro”, finalizou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP da Holanda de Fórmula 1. Logo mais, a classificação está marcada para as 10h (de Brasília, GMT-3). No domingo, a corrida também começa às 10h.

DO VINHO PARA ÁGUA: O QUE ACONTECEU COM A MERCEDES NO GP DA BÉLGICA DE F1?
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.