Otimista, mas realista: Liberty Media admite “flexibilidade” em calendário da F1 2021

23 corridas, locais definidos e torcida nas arquibancadas. O plano da F1 para 2021 é esse, mas Chase Carey já assume que alguma flexibilidade pode ser necessária, sim

Quando anunciou o calendário para o 2021 da F1, o Liberty Media informou que não havia “plano B”: são 23 corridas e ponto. Mas uns dias se passaram e Chase Carey, comandante da categoria até o fim do ano, já percebeu que cravar algo no mundo atual não é tão seguro.

Assim, no final de semana de GP da Turquia, ele mudou o tom. E avisou que o calendário da F1 é esse, sim, mas que é impossível entender como estará o planeta em relação ao Covid-19 em tão pouco tempo.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Chase Carey (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Hora do choque de realidade: “Somos otimistas. Os promotores têm a intenção de organizar as corridas e esperamos que a situação se normalize pouco a pouco, mas estamos preparados para sermos flexíveis com o calendário”, assumiu Carey.

“As corridas vão ter espectadores, mas é evidente que há um certo grau de incerteza. Com isso pesando, nossa intenção é mostrar ao mundo que estamos avançando”, seguiu.

Interlagos retorna à F1 (Foto: Duda Bairros/Vicar)
O calendário

O plano da F1, salvo novas reviravoltas com a Covid-19, é começar 2021 de forma habitual: com GP da Austrália em 21 de março. Quase todas as corridas canceladas em 2020 por conta da pandemia retornam: o GP da Holanda está no cronograma da próxima temporada, enquanto outras como o GP de Mônaco, Canadá, França, Estados Unidos, México, Singapura, China, Azerbaijão e o próprio GP do Brasil retornam após um ano fora.

O palco brasileiro será Interlagos – mas está sujeito à confirmação de um novo contrato. A data prevista para a prova é 14 de novembro, véspera de feriado.

A categoria vai quebrar novamente o recorde de calendário mais longo da história. O GP que leva ao número inédito é o da Arábia Saudita, prova noturna que vai ser disputada nas ruas de Jeddah, adição recente e controversa ao circo da F1. A prova saudita será a penúltima do campeonato e vai acontecer em 28 de novembro, uma semana antes do desfecho do campeonato, marcado para 5 de dezembro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube