Para salvar o dia: Sainz vai de 15° para quinto em “corrida mais difícil da história”

Carlos Sainz ganhou 10 posições na pista de Istambul e terminou no top-5 a prova deste domingo (15). "Salvamos o dia", comentou o espanhol da McLaren

No confuso, divertido e cheio de aleatoriedades GP da Turquia, um piloto construiu uma boa história, mesmo que ela tenha passado quase batida em meio a tantos acontecimentos: Carlos Sainz, que largou em 15°, mas conseguiu terminar com um importante quinto lugar.

Claro, Lewis Hamilton simplesmente se tornou heptacampeão do mundo, Sergio Pérez garantiu um pódio para a Racing Point, Sebastian Vettel voltou ao top-3, mas Sainz também fez bonito. Na “corrida mais difícil da história” para ele.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Carlos Sainz na Turquia (Foto: McLaren)

“Boa largada, bom ritmo e quinto lugar. Foi muito cansativo mentalmente, porque você precisa ficar muito focado para seguir no traçado certo. Foi bem difícil ficar focado por completo”, comentou o espanhol.

“Definitivamente salvamos o dia. Com as duas Renault à frente e, do nada, surgir como a segunda equipe mais forte na batalha, é encorajador. Não sei por que fomos melhores que eles nessa corrida. Gosto dessas condições (pista molhada) e finalmente fui eu mesmo. Fizemos progresso.”, completou.

Com os pontos que Sainz conquistou, mais o oitavo lugar de Lando Norris, a McLaren está na frente da Renault no Mundial de Construtores: 149 a 136. Já no de pilotos, ambos estão exatamente atrás de Daniel Ricciardo, que é o sexto colocado.

A Fórmula 1 volta a acelerar no último fim de semana de novembro com a disputa do GP do Bahrein, em Sakhir, válido pela 15ª etapa e antepenúltima etapa da temporada 2020 do Mundial.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube