Pelo Twitter, Barrichello diz que aceitaria convite da Lotus se fosse chamado para correr em Monza

Disputando sua primeira temporada na Indy, Rubens Barrichello deixou claro que seu desejo é voltar à F1 um dia. Nesta segunda-feira (3), ele voltou a se manifestar e escreveu em sua conta no Twitter que aceitaria o convite da Lotus para substituir o suspenso Romain Grosjean em Monza

► Quer concorrer a 2 prêmios da Mercedes? Participe já da promoção

► Red Bull procura maior kartista amador do Brasil. Veja como participar

Em sua primeira temporada na Indy, Rubens Barrichello deu algumas declarações ao longo de todo ano afirmando que gostaria de voltar à F1 um dia, como ao falar que seu “coração sangra” por não estar na Williams, sua ex-equipe, que tem um carro mais competitivo do que em 2011.

Pois o piloto voltou a se manifestar sobre um possível retorno à F1 ainda neste ano. Em sua conta no Twitter, Barrichello afirmou que toparia um convite para ser o companheiro de Kimi Räikkönen, em Monza, na vaga de Romain Grosjean, suspenso pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) por uma etapa por ser considerado culpado no acidente logo na largada do GP da Bélgica no último domingo (2), em que, além dele, Fernando Alonso, Lewis Hamilton e Sergio Pérez foram atingidos e também deixaram a prova.

Rubens Barrichello sonha em finalizar etapa de Sonoma no top-5 (Foto: IndyCar/LAT USA)

“Todo mundo perguntando se, caso a Renault me chamasse para correr em Monza, se eu iria. A resposta é sim, claro”, escreveu Barrichello na rede social. Em 19 anos de F1, o piloto sagrou-se três vezes vencedor do GP da Itália, duas pela Ferrari, em 2002 e 2004, quando era companheiro de Michael Schumacher, e uma pela Brawn, em 2009, que é a última vitória de um brasileiro na categoria.

Os principais favoritos para a vaga de Grosjean são Jérôme d'Ambrosio, piloto reserva da Lotus neste ano, o espanhol Jaime Alguersuari, ex-piloto da Toro Rosso, Lucas Di Grassi, atual piloto de testes da Pirelli, e Adrian Sutil, ex-Force India.

Com 277 pontos, Barrichello ocupa a 11ª colocação no campeonato da Indy em seu primeiro ano. No GP da Baltimore, disputado no último final de semana, ele acabou na quinta colocação e conseguiu, pela segunda prova seguida, um top-5.

Enquete: você gostaria de ver Barrichello de volta à F1?

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube