Pérez testa positivo para coronavírus e desfalca Racing Point no GP da Inglaterra

Após um primeiro resultado inconclusivo, Sergio Pérez testou positivo para Covid-19 e vai ficar de fora da quarta etapa da temporada 2020 da Fórmula 1. A Racing Point ainda não confirmou seu substituto

O que se temia, aconteceu: o primeiro caso positivo do novo coronavírus para um piloto da Fórmula 1. Nesta quinta-feira (30), Sergio Pérez acusou positivo para a Covid-19 e está automaticamente fora do GP da Inglaterra deste fim de semana.

O mexicano da Racing Point já fora tirado das entrevistas coletivas em Silverstone pela manhã por conta de um teste inicial que apontou resultado inconclusivo. Agora, à tarde, começo da noite pelo horário local, um segundo teste confirmou o positivo.

O teste em questão foi o do swab, o popular cotonete, que é inserido em uma das narinas para coletar material do examinado.

“Após o anúncio de hoje de que Sergio Pérez, da Racing Point, produziu um resultado inconclusivo para a Covid-19, no circuito de Silverstone, antes do GP da Inglaterra, a FIA e a Fórmula 1 agora podem confirmar que o resultado do novo teste é positivo”, disse a F1 em comunicado.

“Pérez entrou em quarentena própria de acordo com as instruções das autoridades de saúde pública relevantes e vai continuar a seguir o procedimento exigido por essas autoridades”, seguiu.

“Com a assistência dos promotores do GP da Inglaterra, das autoridades locais de saúde e do delegado da FIA para a Covid-19, uma iniciativa completa de rastreamento foi realizada e todos os contatos próximos foram colocados em quarentena”, afirmou.

“Os procedimentos estabelecidos pela FIA e pela Fórmula 1 previram a rápida contenção de um incidente que não terá maior impacto no evento deste fim de semana”, encerrou.

A Racing Point também divulgou uma nota sobre a situação de Pérez.

“Após o anúncio de que Sergio testou positivo para Covid-19, no circuito de Silverstone, antes do GP da Inglaterra de Fórmula 1, a equipe lamenta anunciar que ele não poderá participar da corrida deste fim de semana”, comunicou.

“Sergio está fisicamente bem e de bom humor, mas vai continuar no auto-isolamento, sob as diretrizes das autoridades de saúde pública relevantes, sendo a segurança a prioridade máxima para a equipe e o esporte”, seguiu.

“‍Todo o time deseja bem a Sergio e espera recebê-lo de volta ao cockpit do RP20 em breve. Nossa intenção é correr com dois carros no domingo. Em breve, comunicaremos os próximos passos para o fim de semana do GP da Inglaterra”, encerrou.

Se a determinação imposta pelo governo do Reino Unido, de uma quarentena de pelo menos dez dias para quem está com o coronavírus, tiver aplicação, Pérez também vai perder o GP do Aniversário de 70 anos na semana que vem, também disputado em Silverstone.

Ainda não há confirmação sobre um substituto para assumir o carro rosa. A Racing Point não conta com reservas próprios e os favoritos são Esteban Gutiérrez e Stoffel Vandoorne, reservas da Mercedes, além de Nico Hülkenberg, velho conhecido do time local.

O GRANDE PRÊMIO transmite AO VIVO e em TEMPO REAL todas as atividades do fim de semana do GP da Inglaterra, quarta etapa da temporada 2020 da Fórmula 1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube