Pérez vê dia positivo e Stroll se frustra em Mugello: “Poderíamos ter sido 4º ou 5º no grid”

A Racing Point colocou seus dois carros entre os sete primeiros do grid do GP da Toscana. Sergio Pérez foi o sexto mais rápido, mas a punição imposta pela direção de prova o levou a perder a colocação justamente para Lance Stroll, seu companheiro de equipe

O sábado (12) de treino classificatório do GP da Toscana da Fórmula 1, nona etapa da temporada 2020, foi considerado positivo pelos pilotos da Racing Point. Sergio Pérez, de saída da equipe de Silverstone ao fim da temporada, classificou-se na sexta posição em Mugello ao anotar 1min16s311, tempo ligeiramente mais rápido que o do companheiro de time, Lance Stroll, que marcou 1min16s356, em sétimo. Mas o mexicano de Guadalajara perdeu uma posição no grid, herdada justamente pelo canadense, em razão da punição imposta pela direção de prova pelo fato de ‘Checo’ ter acertado a Alfa Romeo de Kimi Räikkönen no fim do treino livre 2, na sexta-feira.

Pérez considerou o dia bastante satisfatório e só lamentou mesmo pela punição que, em termos de equipe, não teve nenhum grande efeito prático.

Sergio Pérez vai largar na sétima posição neste domingo em Mugello (Foto: Racing Point)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Acho que tiramos tudo o que podíamos do carro e, no geral, foi um dia positivo para a equipe. Foi uma boa volta no Q3, o que foi importante porque tínhamos somente um jogo de pneus macios restante. É uma pena termos essa punição para a corrida, mas como tenho de perder um lugar no grid, fico feliz que seja para meu companheiro de equipe”, disse Pérez.

O mexicano destacou a performance com as atualizações desenvolvidas para a ‘Mercedes rosa’ e testadas por Stroll pela manhã.

“Lance pilotou o carro com a atualização hoje, o que parece positivo, então é um bom sinal para as próximas corridas. É uma corrida nova para todos nós, então há muitas interrogações. Definir a estratégia para amanhã não vai ser fácil. Uma largada forte vai significar que temos a chave para a corrida”, complementou.

Lance Stroll foi o sétimo na classificação e vai largar em sexto na Toscana, mas esperava mais (Foto: Racing Point)

Na opinião do canadense, terceiro lugar no último GP da Itália, ficou a sensação de que faltou algo para a Racing Point neste sábado.

“Foi um pouquinho frustrante hoje. Acho que poderíamos ter classificado em quarto ou quinto sem a bandeira amarela nas voltas finais do Q3. Poderia ter melhorado na segunda volta, mas, apesar disso, temos muitas coisas positivas a tirar do dia de hoje”, disse.

“Melhoramos nesta noite e conseguimos uma boa posição de largada, o que é importante, já que ultrapassar aqui não é fácil. Estou feliz com o carro e temos bom ritmo, por isso temos potencial para amanhã”, apostou Stroll.

“Também conseguimos obter mais dados sobre nosso pacote de atualização, e os primeiros sinais são promissores. Podemos ter um bom resultado amanhã, estou bem ansioso para a corrida”, concluiu.

O GP da Toscana de Fórmula 1 tem largada prevista para 10h10 (de Brasília) deste domingo. Antes, a partir de 9h, o GRANDE PRÊMIO traz a análise da classificação e traz todos os bastidores e últimas informações de Mugello AO VIVO no BRIEFING pré-corrida. Tudo na GP TV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube