Pérez perde uma posição no grid do GP da Toscana por toque em Räikkönen no TL2

A barbeiragem de Sergio Pérez em Kimi Räikkönen no fim do segundo treino livre em Mugello foi analisada pelos comissários, que consideraram o mexicano culpado. O piloto da Racing Point chegou a argumentar e, por isso, teve uma punição menor do que a habitual

O toque de Sergio Pérez em Kimi Räikkönen quando saía dos boxes no fim do segundo treino livre gerou uma punição no grid do GP da Toscana. O piloto da Racing Point foi culpado pelo incidente e perderá um lugar na classificação deste sábado (12).

Pérez estava saindo do pitlane durante o TL2 e acertou a traseira do carro de Räikkönen, que estava em volta rápida e na trajetória normal. Os comissários culparam o piloto da Racing Point após análise das imagens, mas a punição foi branda pelo argumento do mexicano de que não conseguiria estar em outro ponto da pista devido ao desenho da saída dos boxes.

“O piloto do carro #11 [Pérez] foi avisado por sua equipe dos carros #7 [Räikkönen] e #23 [Albon] quando saía dos boxes. Havia uma bandeira azul agitada na curva 1 e ele aparentemente observa o carro de Räikkönen pelo espelho retrovisor. O piloto argumenta que a saída do pitlane é extremamente longa e que alcanou alta velocidade, passando pelo carro 7 e incapaz de tomar outra trajetória na curva”, aponta o relatório dos comissários.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Consideramos um ponto válido para abrandar a punição e reduzir de três para uma posição no grid”, seguiu o comunicado.

Outros incidentes semelhantes aconteceram em treinos livres recentes. Em 2019, em Abu Dhabi, Valtteri Bottas ganhou apenas uma advertência dos comissários. No GP do Bahrein de 2015, Sebastian Vettel escapou sem qualquer tipo de punição.

Pérez tentou defender-se do incidente justificando que a saída do pitlane de Mugello é longa e estreita. “Obviamente é a primeira vez que estamos aqui. Os comissários pensam que isso deve ser alterado. A saída não te dá o ângulo quando você está passando”, comentou.

Neste fim de semana, a Fórmula 1 acelerar pela primeira vez em Mugello, para o GP da Toscana. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube