Pierluigi Martini: o herói da Minardi e algoz de Christian Fittipaldi na F1

Pierluigi Martini teve carreira marcante na F1, muito pela insistência na querida Minardi. O GRANDE PRÊMIO recorda a trajetória do italiano, incluindo acidente icônico com Christian Fittipaldi

Pierluigi Martini nunca teve grande sucesso na Fórmula 1, mas alcançou algo importante: a memória afetiva de fãs que acompanhavam o esporte nos anos 1980 e 1990. O italiano competiu no certame entre 1984 e 1995, quase sempre pela querida Minardi.

A passagem pela F1 foi um sucesso, ainda mais considerando os objetivos singelos da pequena Minardi. Os pontos vinham aos poucos, mas sempre eram motivo de festa. Para o público brasileiro, entretanto, as memórias não são tão agradáveis: Pierluigi virou desafeto após causar o icônico capote de Christian Fittipaldi em Monza em 1993.

A vida e a obra de Pierluigi Martini são alvo de análise do GRANDE PRÊMIO nesta semana. Confira!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube