Gasly sai de Interlagos “muito feliz” e com consciência de que terminou “onde deveria”

Pierre Gasly terminou a corrida brasileira na sétima colocação, logo atrás da dupla da Ferrari, e ficou bem animado com o que foi possível

Lewis Hamilton ultrapassou Max Verstappen e tomou a ponta (Vídeo: Reprodução)

Apesar de mostrar bom ritmo ao longo de todo o fim de semana em Interlagos, é verdade que Pierre Gasly esteve constantemente insatisfeito com o carro que tinha nas mãos. Apesar disso o francês conseguiu realizar uma sequência de ultrapassagens na tarde deste domingo (14) e terminou o GP de São Paulo na sétima colocação. Suficiente para animá-lo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

De acordo com Gasly, em entrevista que contou com a presença do GRANDE PRÊMIO, não havia como superar a Ferrari em São Paulo. O que faz valer ainda mais a recuperação após um começo complicado na corrida. No trecho final, Pierre passou Lando Norris e conseguiu belas manobras contra Esteban Ocon e Fernando Alonso para se estabelecer na sétima colocação.

“Estou muito feliz, porque estávamos acima das nossas possibilidades na classificação e consegui ficar entre as duas Ferrari. Mas objetivamente estávamos atrás, o carro deles está melhor recentemente. Terminamos onde deveríamos, o trabalho foi bem duro, muitas ultrapassagens. Tive brigas intensas com Lando, Esteban e especialmente Fernando, que me deu muito trabalho. Não é sempre que você consegue brigar com um bicampeão mundial. Gostei muito da experiência”, falou.

A largada do GP de São Paulo (Foto: AlphaTauri)
Paddockast #129: Tudo que você precisa saber sobre o GP de São Paulo

“Foi uma boa recuperação, porque perdemos algumas posições na largada que não tivemos chances reais de segurar, mas recuperamos. A corrida em geral foi muito boa e, em geral, eu ganhei as batalhas. Foi bastante bom”, seguiu.

O francês desenvolveu um pouco as brigas que teve com a dupla da Alpine e admitiu: tudo passou muito perto de dar errado.

“As brigas com Fernando e Esteban foram muito próximas. Sobretudo com Esteban foi uma questão de milímetros, mas conseguimos evitar alguma coisa pior. Eles tiveram uma estratégia certa de usar os dois carros para defender e não é sempre que dá para ter uma briga assim. Valeu muito”, comemorou.

Na relação da corrida do domingo para a corrida sprint do sábado e questionado sobre ter feito parte da recuperação de Lewis Hamilton nos dois dias, leu a situação. Tanto no sábado quanto no domingo, Hamilton passou o francês.

“Essas corridas são sempre intensas: diferentes pneus, estratégias, mais longa… É diferente da sprint, que fica todo mundo com o mesmo conjunto. As corridas do domingo são de mais entretenimento, as brigas animam muito”, avaliou.

“Sempre assisti corridas assim, desde pequeno, vi caras como Lewis. Quando você coloca o capacete, não importa muito quem é quem, mas é bom poder disputar espaço na pista com caras como Lewis”, finalizou.

GRANDE PRÊMIO acompanha o GP de São Paulo ‘in loco’ em Interlagos com os jornalistas Fernando Silva e Gabriel Curty, além de toda equipe de maneira remota. O GP também seguiu todas as atividades de pista do fim de semana AO VIVO e EM TEMPO REAL. A Fórmula 1 volta na semana que vem, em Losail, direto do GP do Catar.

F1 EM SÃO PAULO: HAMILTON VENCE NA RAÇA, VERSTAPPEN 2° | Briefing

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar