Pirelli anuncia pneus para primeiras oito etapas com variação na Inglaterra

A Pirelli divulgou quais serão os pneus disponíveis nas primeiras oito corridas da temporada 2020 da Fórmula 1. Chamou a atenção a rodada dupla da Inglaterra, com duas configurações distintas de compostos

A Fórmula 1 já tem definidos os pneus para as primeiras oito etapas da temporada 2020. Nesta quinta-feira (11), a Pirelli divulgou os compostos selecionados para cada corrida, com destaque ficando para a rodada dupla da Inglaterra, que vai ter C1, C2 e C3 disponíveis para a primeira prova e C2, C3 e C4 para a segunda, na semana seguinte.

A opção por mesclar os pneus disponíveis em Silverstone segue a ideia que a F1 tinha de aumentar um pouco as possibilidades no jogo estratégico das equipes. Na Áustria, no entanto, nada feito: C2, C3 e C4 para os dois finais de semana no Red Bull Ring.

Os mesmos tipos de pneus vão ser usados nas duas corridas na Áustria (Foto: Forix)

“Com tantas variáveis no começo dessa temporada atrasada e um calendário que não dá muita margem para reagirmos e mudarmos muito, acertamos com as equipes, os promotores da categoria e a FIA para já anunciarmos os esquemas das oito primeiras corridas do ano todas ao mesmo tempo”, explicou Mario Isola, chefe da Pirelli.

Outra mudança em relação ao que foi visto em 2019 está na Bélgica, que tinha C1, C2 e C3 em 2019 e, para 2020, terá C2, C3 e C4 sendo utilizados, uma combinação um pouco mais macia. Áustria, Hungria e Itália terão a mesma configuração que Spa-Francorchamps, enquanto a Espanha será a única além da primeira prova inglesa com os pneus mais duros à disposição dos times.

A temporada 2020 da Fórmula 1 está prevista para começar em 5 de julho, na Áustria, com as oito primeiras corridas disputas em um espaço de dois meses.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube