Pirelli concorda que pneus de chuva são “inúteis” na F1 e cutuca: “Só usam sob safety-car”

Mario Isola reconheceu que os pneus de chuva da Pirelli não têm o melhor desempenho na pista, mas pediu uma direção da F1: serão usados apenas sob safety-car?

Não é de hoje que os pilotos da Fórmula 1 reclamam dos compostos de chuva da Pirelli. E, no último sábado, a pista molhada da corrida sprint foi mais um motivo para voltarem a apontar problemas nos pneus azuis, principalmente — George Russell, inclusive, os chamou de “inúteis”.

Mario Isola, presidente da fornecedora, no entanto, não discordou dos pilotos. Ele também acredita que é preciso, de fato, melhorar a performance quando necessário usar os pneus de chuva extrema.

“Acredito que temos de, antes de tudo, dividir dois problemas: um é o desempenho do pneu de chuva extrema, outro é a visibilidade. Em termos de desempenho, quando estávamos desenvolvendo os pneus, encontramos um resultado muito, muito melhor [5s por volta] do que o antigo pneu de chuva”, disse ele.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

A Pirelli já testa os pneus de 2024 da F1 (Foto: F1)

“Eles são pneus para serem usados sob safety-car? Discutimos muitas vezes sobre visibilidade. É um problema e, claramente, a FIA, juntamente com as equipes, está trabalhando em torno de alguns dispositivos [protetores de spray] que podem melhorar a visibilidade para reduzir o spray que vem dos pneus e do difusor”, acrescentou.

Vale lembrar que uma mudança nos compostos já foi feita nesta temporada justamente pelas reclamações em relação ao spray. Isola, contudo, apontou que os pneus azuis não têm sido úteis, realmente, já que só são usados nos carros quando o safety-car está na pista — e isso acontece porque, hoje, a F1 tem muitas dificuldades em correr com condições de chuva.

“Se a ideia é continuar a procurar um dispositivo que seja capaz de reduzir o spray e, portanto, dar [aos pilotos] a possibilidade de rodar em condições de chuva, temos de manter os dois produtos [pneus intermediários e de chuva]”, explicou.

“Mas se o pneu de chuva for usado apenas atrás do safety-car, concordo com os pilotos que, no momento, é um pneu inútil. Portanto, temos de decidir qual é a direção que queremos seguir para o futuro, a fim de desenvolver o produto necessário para a Fórmula 1″, encerrou.

A Fórmula 1 retorna à pista no domingo para o GP da Bélgica, 12ª etapa da temporada 2023, com largada prevista para as 10h (de Brasília, GMT-3). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do fim de semana AO VIVO e em TEMPO REAL. O GP também transmite a corrida em segunda tela a partir das 9h40, em parceria com a Voz do Esporte, no canal 1 no YouTube.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.