Pole em 2014, Massa fala em recuperar tempo perdido com atualizações da Williams para fim de semana na Áustria

A Williams costuma ter um bom desempenho no Red Bull Ring. Foi lá, por exemplo, que a equipe conquistou pela última vez toda a primeira fila de um grid de largada, quando Felipe Massa e Valtteri Bottas largaram em primeiro e segundo em 2014. Três anos depois, o brasileiro volta ao circuito austríaco confiante em dar a volta por cima após uma fase recente de azares na temporada

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Já recuperado da frustração por ter perdido uma grande chance até mesmo de vitória no último GP do Azerbaijão, Felipe Massa começa a mirar a nona etapa da temporada 2017 do Mundial de F1, o GP da Áustria, que acontece no próximo dia 9 de julho. O brasileiro vai chegar ao Red Bull Ring motivado pelo bom rendimento em Baku, em que pese seu abandono na corrida, e também pelo histórico recente da Williams no traçado austríaco. Tudo para dar a volta por cima e se recuperar de uma fase recente de azares no campeonato.

 
Massa vem de quatro corridas particularmente difíceis. Depois de garantir o sexto lugar no GP do Bahrein, ainda em abril, o veterano só amargou revezes: um pneu furado que lhe tirou a chance de somar mais do que os dois pontos no GP da Rússia; o incidente no início do GP da Espanha com Fernando Alonso; o desempenho fraco da Williams em Mônaco — ainda assim, o piloto terminou em nono lugar — e os abandonos no GP do Canadá, na primeira volta, e o frustrante fim de corrida no Azerbaijão.
Massa mostra confiança nas atualizações da Williams para dar a volta por cima na Áustria (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Em Spielberg, palco do GP da Áustria, a Williams costuma andar bem. Foi lá que a equipe faturou pela última vez toda uma primeira fila de um grid de largada. A Áustria representa a última das 16 poles logradas pelo brasileiro, em 2014. É confiante no bom rendimento da Williams no Red Bull Ring que Massa foca na nona etapa com a esperança de finalmente voltar ao rumo dos bons resultados na F1. 
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Vamos trabalhar duro para nos prepararmos para o GP da Áustria. O Red Bull Ring sempre foi uma pista na qual a Williams costuma ir bem. Vamos ter algumas atualizações no carro e espero que possamos confirmar nossa posição de lutar por posições próximas ao pódio”, escreveu o piloto em coluna ao site norte-americano ‘Motorsport.com’. 

 
Massa deixou claro que só pensa em dar a volta por cima. “Quero recuperar o que perdi nas duas últimas corridas, nas quais não pude conseguir ser recompensado, apesar de ter rendido bem”, salientou o brasileiro.
POLÊMICA MOSTRA QUE VETTEL PISOU NA BOLA E HAMILTON FOI MALANDRO EM BAKU

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube