Presidente da FIA anuncia ‘VAR da F1’ e fim de transmissão das conversas do diretor

Mohammed Ben Sulayem confirmou mudanças junto da saída de Michael Masi do posto de diretor de prova da Fórmula 1 para 2022

BBB DA VELOCIDADE: ESPETACULARIZAÇÃO DA F1 PASSOU DO LIMITE?

A FIA reservou esta quinta-feira (17), no mesmo horário do lançamento do novo carro da Ferrari para a temporada 2022, para anunciar ações após as investigações sobre o que aconteceu no GP de Abu Dhabi que encerrou o campeonato passado. A medida mais importante informada por Mohammed Ben Sulayem, presidente da FIA, é a saída de Michael Masi do cargo de diretor de provas, mas tem mais que isso. Há, inclusive, o VAR da F1.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A saída de Masi, que passará a ter um cargo interno na FIA, será suprida por três nomes. Eduardo Freitas e Niels Wittich, diretores de prova de WEC e DTM, respectivamente, passarão a ocupar o cargo de maneira alternada ‘in loco’ ao longo do ano.

O veterano Herbie Blash, que fez parte da tríade de comando da Brabham – ao lado de Bernie Ecclestone e Gordon Murray – nos anos 1980 e depois foi diretor-adjunto de corridas de Charlie Whiting, entre 1995 e 2016, assume um novo papel. Blash não irá às corridas, mas será um segundo diretor de provas direto de um escritório de controle de corrida semelhante aos dos circuitos e que será instalado em algum prédio da FIA, ainda não divulgado. Será um árbitro remoto, portanto, numa espécie de VAR [Video Assistant Referee, ou Árbitro Assistente de Vídeo, em tradução literal] da F1.

“Durante o encontro da Comissão da F1 em Londres, apresentei parte do meu plano de avanço da arbitragem da Fórmula 1. Tirando conclusões da análise detalhada dos eventos do último GP de Abu Dhabi e da temporada 2021, propus uma reforma profunda da organização da direção de corrida. O que foi apoiado em unanimidade pelo CEO da F1 e os chefes de equipe”, disse o presidente da FIA.

A F1 terá novidades na direção de prova (Foto: Carl de Souza/AFP)
Paddockast #136 | Nova presidência da FIA já começa a indicar algo na F1?

“Primeiramente, para ajudar o novo diretor de provas e suas decisões, um controle de provas virtual será criado, como um sistema de VAR no futebol. Este sistema será posicionado em um dos escritórios da FIA, como um apoio fora do circuito numa conexão em tempo real com o diretor de provas. Isso vai ajudar a aplicação do regulamento no esporte usando as mais modernas ferramentas de tecnologia”, afirmou.

Outra mudança importante é o fim da transmissão das conversas entre as equipes e a direção de prova ao longo das corridas. O acesso sem precedentes oferecido no ano passado terminou por expor as faces humanos de um árbitro esportivo. Além disso, Ben Sulayem afirmou que as equipes terão de ser mais suaves nas conversas com o diretor.

“Em segundo lugar, a comunicação de rádio durante a corrida, que atualmente é transmitida ao vivo por todas as TVs, será removida com o objetivo de proteger o diretor de corridas de qualquer pressão para poder tomar decisões com calma. Ainda será possível questioná-lo, mas de forma bem definida e não-incisiva”, seguiu.

O que ainda falta ser definido será os procedimentos de safety-car, algo que ficou para a próxima reunião, marcada para a semana da abertura do campeonato de 2022, no Bahrein.

“Em terceiro lugar, os procedimentos em relação ao safety-car serão revistos pelo conselho da F1 e apresentados na próxima reunião da comissão, antes do início da temporada de 2022”, continuou.

“Por fim, eu gostaria de informar que uma nova direção de provas já comandará os testes em Barcelona de pré-temporada. Niels Vittek e Eduardo Freitas irão atuar, alternativamente, como diretores de prova, com suporte de Herbie Blash, o conselheiro permanente da FIA”, finalizou.

Os testes coletivos de pré-temporada começam na semana que vem, entre os dias 23 e 25, em Barcelona.

FERRARI APRESENTA F1-75, CARRO PARA A TEMPORADA 2022 DA F1 | React
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar