Problema no sinal atrapalha transmissão do treino livre da Fórmula 1 na Rússia

A exibição da sessão que abriu os trabalhos em Sóchi começou com atraso no SporTV 2, canal por assinatura do Grupo Globo

Quem madrugou nesta sexta-feira (25) para assistir ao primeiro treino livre do GP da Rússia de Fórmula 1 se deparou com uma surpresa inesperada. A transmissão da sessão na TV brasileira, prevista para ser exibida ao vivo no SporTV 2, demorou para começar de fato em razão de problemas de sinal.

O narrador encarregado de liderar a transmissão, Sérgio Maurício, avisou aos fãs sobre a situação. “Peço mais uma vez desculpas aos nossos telespectadores, há um problema qualquer de tráfego de sinal. Há as imagens, mas sem qualidade suficiente”.

FÓRMULA 1; MARCELO COURREGE; SÓCHI; GP DA RÚSSIA; SPORTV;
Marcelo Courrege liderou o começo da transmissão do TL1 do GP da Rússia no SporTV 2 (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A transmissão, que estava marcada para ter início às 4h45 (de Brasília), foi atrasada em cerca de 10 minutos. Neste período, o segundo canal esportivo por assinatura do Grupo Globo reexibiu uma matéria que foi ao ar no Esporte Espetacular com o paratleta Fernando Fernandes.

Quando a exibição do treino livre 1 em Sóchi finalmente começou, Sérgio Maurício ressaltou os problemas de sinal e, em seguida, direcionou a transmissão para a câmera exclusiva da equipe em atividade no Parque Olímpico, com reportagem de Marcelo Courrege.

Depois dos problemas de sinal, a transmissão das atividades de pista começou de fato às 5h09. As Mercedes lideravam a sessão com Valtteri Bottas em primeiro, com 1min37s313, com Lewis Hamilton em segundo, 0s403 atrás.

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL o treino livre 1 do GP da Rússia de Fórmula 1. Siga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube