Promotor do GP do Azerbaijão revela pedido de desculpas de Carey por polêmica envolvendo Liberty Media e Baku

Arif Rahimov, promotor da corrida de Baku, disse que Chase Carey, o CEO da F1, telefonou para se desculpar sobre a declaração do presidente do Liberty Media, Greg Maffei, o qual considerou que o GP do Azerbaijão não acrescenta nada à F1

Depois do mal estar veio a calmaria. O presidente do Liberty Media, Greg Maffei, afirmou recentemente que o GP do Azerbaijão não acrescenta nada à F1, além de dinheiro. A resposta dos promotores do GP veio rápida, dizendo que a declaração era ignorante. E aí, é claro, se instalou um climão entre as partes. 
 
Agora, no entanto, tudo parece estar resolvido. Arif Rahimov, promotor da corrida de Baku, disse que Chase Carey, o CEO da F1, telefonou para pedir desculpas sobre o ocorrido.
O presidente da F1, Chase Carey, pediu desculpas pela declaração (Foto: Reuters)

"Falei com Chase. Tratava-se de um tema diferente, mas isso teve de ser levantado, e nós percebemos que nem todos compartilharam essa opinião. Ele [Carey] se desculpou sobre o que aconteceu, deixou claro que discordou completamente do que tinha sido dito", explicou Rahimov.
 
"Ele estava realmente chateado com a situação e pelas proporções que o assunto tomou. Foi bom ouvir de Chase que ele não compartilhava a opinião. Acho que terminamos com isso e vamos mostrar a todos que não estiveram na corrida que estamos fazendo um ótimo trabalho e será uma grande corrida", acrescentou o promotor do GP do Azerbaijão.
 
Rahimov disse também que Carey demonstrou total apoio para a manutenção de  Baku no calendário da F1, que tem contrato assinado por 10 anos – embora exista uma cláusula da ruptura após o quinto ano.
 
"Ele está muito animado com a corrida. Realmente quer vir e assistir o GP, pois ouviu muitas coisas boas. Ele sente que somos um parceiro estratégico para a F1, e ele quer manter a corrida. Foi uma boa conversa e foi bom saber que nem todo mundo está compartilhando a opinião de Greg Maffei", finalizou.
 
Sobre a quebra de contrato, Rahimov foi enfático em dizer que sua empresa está disposta a manter o evento a longo prazo, mesmo que se tenha de revisar alguns termos. "Sabemos o que queremos e como podemos melhorar o contrato, mas nesta época do ano estamos apenas concentrados na corrida."
 
O GP do Azerbaijão está marcado para o dia 25 de junho.
 
VERSTAPPEN É O PILOTO MAIS IMPRESSIONANTE A ESTREAR NA F1? VEJA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube