Quinto nos treinos livres, Grosjean se coloca na briga pelas duas primeiras filas do grid em Abu Dhabi

Romain Grosjean admitiu que poderia ter completado uma volta melhor nos treinos livres desta sexta-feira e elogiou as atualizações levadas pela Lotus para os Emirados Árabes Unidos

A Lotus pode figurar nas duas primeiras posições do grid de largada no GP de Abu Dhabi, segundo o francês Romain Grosjean. O segundo piloto da equipe de Enstone terminou os treinos livres desta sexta-feira (2) na quinta posição, mas mostrou confiança em obter um resultado ainda melhor no treino classificatório deste sábado.

“Olhando para os tempos de hoje, eu acho que é possível para nós brigar com quem está à nossa frente neste fim de semana, pois ainda podemos melhorar os nossos tempos de volta”, falou Grosjean, que cravou 1min42s500, marca menos de 0s01 mais lenta que a de Jenson Button, o terceiro colocado.

Grosjean entrou na pista pela segunda vez em Abu Dhabi em um fim de semana de F1 (Foto: Lotus/LAT)

“Eu não completei a melhor volta da minha vida com os pneus macios”, reconheceu o piloto da Lotus. “Então eu penso que ainda podemos melhorar um pouco mais. Será difícil ficar à frente dos carros que estão mais rápidos, mas vamos tentar. Temos algumas atualizações que funcionaram bem, então vamos tentar mantê-las”, finalizou o francês.

Em 2012, sua primeira temporada completa na F1, Grosjean largou seis vezes entre os quatro primeiros colocados. Sua melhor posição de largada foi no GP da Hungria, quando ele começou a corrida na primeira fila, em segundo lugar. Grosjean subiu ao pódio em três oportunidades.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube