Räikkönen desdenha de 4º lugar, mas faz leve celebração de avanço da Ferrari: “Parece que estamos na direção certa”

Kimi Räikkönen, no estilo Kimi Räikkönen de ser, não mostrou grande animação e deu uma desdenhada do que fez a Ferrari no GP da Itália, mas desta vez deixou até escapar uma agrado com o passo à frente que vê de seu time

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Pouco aconteceu para as Ferrari no GP da Itália deste domingo (4). Na verdade, os dois apareceram mais na queda e recuperação de Lewis Hamilton, que perdeu para os dois e, com uma ajuda enorme da estratégia da Mercedes, passou os dois. Mas mesmo assim garantir o terceiro e o quarto postos teve um gosto mais doce. E para Kimi Räikkönen mostra que Maranello caminha em solo firme.

 
Räikkönen passou a corrida toda atrás de Sebastian Vettel, mas nunca foi muito ameaçado por Valtteri Bottas ou Daniel Ricciardo. Atrás da Mercedes, era nítido que a Ferrari sobrava – o que já não acontecia há tempos. O resultado não foi qualquer sonho, mas um bom sinal.
 
"Terceiro e quarto não é o que nós estávamos procurando, mas foi o que conseguimos capitalizar. Parece que estamos indo na direção certa outra vez", falou Räikkönen ao final da corrida em Monza.
 
E, como de costume, uma Ferrari no pódio de Monza rende festa gigante do público que invade a pista dotada de várias bandeiras e muito poderio vocal para acompanhar a cerimônia de pódio.
Räikkönen apertou o ritmo no fim da corrida (Foto: Ferrari)
Räikkönen é o quinto colocado no Mundial de Construtores com 136 pontos. Quarto, Vettel tem 143. O rival 'real' dos dois, o terceiro colocado Daniel Ricciardo, tem 161. 
 
A próxima etapa da temporada 2016 é na pista onde a Mercedes rende menos – Cingapura. Um ano atrás, Sebastian Vettel venceu e nenhuma das Flechas Prateadas subiu ao pódio.
 
PADDOCK GP #44 DEBATE VITÓRIAS DE ROSBERG EM SPA E DE RAHAL NO TEXAS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube