Räikkönen lamenta decisão da FIA em adiar treino e diz: “Preferia ficar na cama até mais tarde”

O finlandês afirmou que gostaria de dormir um pouco mais, já que a corrida acontece no final da tarde. Falando sobre o desempenho no Q1, ele afirmou que a Lotus está melhor na chuva, mas lamentou o tráfego que enfrentou ao longo da curta sessão

 As imagens deste sábado em Melbourne
 A volta virtual em Melbourne, narrada por Alonso
 Especial F1 2013, a temporada que vem com rótulo de imprevisível

A intensa chuva marcou o primeiro treino classificatório da temporada da F1 neste sábado (16), em Melbourne, na Austrália. Sem condições ideais para disputar o Q2 e o Q3, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) preferiu remarcar o restante da atividade para a manhã de domingo, às 11h locais (21h de sábado, em Brasília).

Quem lamentou bastante o andamento da sessão foi Kimi Räikkönen. Ele contou que a primeira parte do treino que iria definir o grid de largada da primeira prova do ano foi bem confusa. “Não foi fácil com o tráfego, pilotos saindo [dos boxes] o tempo todo e as bandeiras amarelas, mas passamos à segunda fase, então não foi de todo ruim”, explicou o piloto da Lotus.

Kimi Räikkönen não gostou do desempenho que teve durante o Q1 (Foto: Lotus/LAT)

Uma das reclamações de Kimi em 2012 era que o desempenho do carro não era tão bom quando a pista ficava molhada. Mas diferente do ano anterior, o finlandês gostou do que viu entre o final do terceiro treino livre e da sessão que aconteceu algumas horas depois – ambas disputadas com chuva.

“O carro não parece muito ruim no molhado, é uma melhora de onde estávamos ano passado, com certeza. Mas hoje o desafio era encontrar algum espaço livre na pista, o que não chegou a acontecer realmente”, contou.

Uma das grandes lamentações de Räikkönen pelo adiamento da principal atividade do dia é que ele perdeu a chance de dormir um pouco mais pela manhã de amanhã (início de noite no Brasil). “A sessão ser adiada até amanhã foi uma pena, mas é a mesma coisa para todos. É [um treino] normal uma vez que começa e esperamos chegar ao Q3”, falou.

“Eu preferia ficar na cama até mais tarde amanhã de manhã, já que é uma corrida no final da tarde, mas tem que estar no carro logo que acordar para classificar”, encerrou o piloto.

 

Acompanhe a cobertura do GP da Austrália no GRANDE PRÊMIO
Victor Martins: O conclave da F1
Curta a página do Grande Prêmio no Facebook
Siga o Grande Prêmio no Twitter

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube