Recuperado de cirurgia, Räikkönen diz que não teve dor nas costas em Jerez: “E também não espero ter”

Após perder últimas provas de 2013 por conta de um problema nas costas, Kimi Räikkönen foi submetido a uma cirurgia em novembro passado. Finlandês garantiu que não teve problemas no primeiro dia na F14 T e afirmou que também não espera ter dores nos treinos em Jerez de la Frontera

icon_foto A galeria EXCLUSIVA de imagens dos testes em Jerez

Kimi Räikkönen voltou às pistas na última terça-feira (28) recuperado de uma cirurgia nas costas. Depois de perder as últimas etapas da temporada 2013, o finlandês foi submetido a um procedimento cirúrgico em novembro passado, mas já está completamente recuperado.
 
De volta à Ferrari, Räikkönen conduziu os trabalhos do time italiano no primeiro dia de treinos em Jerez de la Frontera. Após um problema no início da sessão, Kimi completou 31 voltas com a F14 T e registrou 1min27s104, a melhor marca do dia.
Räikkönen guiou F14 T no primeiro dia em Jerez (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Questionado pelo jornal finlandês ‘Turun Sanomat’ sobre a reação de seu corpo ao retorno aos treinos, Räikkönen respondeu: “Está tudo bem com as costas”. 
 
“Ao menos por enquanto, no primeiro dia pilotando, eu não tive nenhum problema”, explicou. “E também não espero ter, mesmo que você nunca saiba o que vai acontecer no futuro”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube