Red Bull espera de Pérez trabalho semelhante ao de Bottas na Mercedes, diz consultor

O consultor da escuderia de Milton Keynes espera que a Red Bull tenha dois carros fortes e capazes de lutar na frente contra a Mercedes e que ‘Checo’ possa não só andar perto de Max Verstappen, mas talvez estar até à frente num dia bom. Como Valtteri Bottas na Mercedes contra Lewis Hamilton

A Red Bull jamais escondeu que um dos seus objetivos para 2021 ao contratar Sergio Pérez é tornar a equipe mais forte e capaz de lutar por vitórias com a Mercedes com dois carros. Desde que Daniel Ricciardo deixou a escuderia de Milton Keynes para defender a Renault, os taurinos tiveram os jovens Pierre Gasly e Alex Albon como titulares, mas nenhum deles conseguiu andar ao mesmo nível de Max Verstappen, que assumiu o protagonismo nos boxes da Red Bull. Com a chegada de Pérez, que traz a experiência de dez temporadas na F1, dez pódios e uma vitória, Helmut Marko acredita que será possível ter um piloto com alguma capacidade de medir forças com Verstappen. Algo que o consultor entende que Valtteri Bottas pode fazer às vezes com Lewis Hamilton na Mercedes.

“Se Bottas não tem um dia ruim, como no Bahrein, então ele consegue desempenhar seu papel muito bem. E é isso o que esperamos de Pérez”, afirmou o ex-piloto e dirigente austríaco em entrevista ao site alemão Motorsport-Total.

A Red Bull quer que Pérez desempenhe função parecida com a de Bottas na Mercedes (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Marko citou como exemplo a má jornada de Bottas no GP de Sakhir, que foi vencido de forma surpreendente por Pérez e que teve George Russell — substituto de Lewis Hamilton, que ficou fora da prova por ter testado positivo para Covid-19 — como o grande destaque, a ponto de quase ter triunfado no anel externo barenita.

Desde 2017 na Mercedes, onde chegou para substituir o campeão mundial Nico Rosberg, Valtteri conquistou 9 vitórias e 16 poles. No mesmo período, Hamilton acumulou 42 vitórias e largou na posição de honra do grid 37 vezes.

A Red Bull busca desde 2019 um bom segundo piloto. Em termos de resultados, Gasly não convenceu e foi rebaixado de volta para a Toro Rosso, hoje AlphaTauri, onde alcançou seus melhores resultados: segundo lugar no GP do Brasil de 2019 e a vitória incrível no GP da Itália do ano passado. Albon, que foi promovido no lugar de Gasly na segunda metade da temporada 2019, só conseguiu conquistar pódios na última temporada, nos GPs da Toscana e do Bahrein, terminando as duas provas em terceiro lugar. No confronto em classificações entre Albon e Verstappen, o holandês goleou o antigo companheiro de equipe por 17 x 0.

Já em tom de cobrança, Marko deixou claro o que espera da nova contratação para a temporada 2021 da Fórmula 1. “Pérez tem de estar ao alcance do ataque a Verstappen durante a corrida”.

“Ninguém conseguiu chegar ao nível de Max em classificações, mas deve haver uma diferença máxima de 0s2 entre eles. Nossa equipe precisa conseguir atacar a Mercedes com dois carros”, complementou o consultor da equipe tetracampeã mundial de Fórmula 1.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar