Red Bull promete rebatizar motor com nome que “não vai deixar Ron Dennis feliz”. E pode ser TAG

A TAG Heuer – empresa que recém abandonou a McLaren – pode rebatizar os motores da Red Bull em 2016. Neste caso, os austríacos repetiriam o que a própria escuderia inglesa já havia feito na década de 1980: trocar o nome da fornecedora pelo da fábrica de relógios

A novela dos motores da Red Bull parece ter acabado, mas o nome do novo parceiro ainda não foi revelado. A equipe austríaca, que deve correr com uma versão rebatizada da unidade de potência da Renault, encontrou uma parceira disposta a dar seu nome aos motores. E pode ser uma empresa tradicionalmente ligada à McLaren: a TAG Heuer.
 
Quem deu a dica foi Christian Horner, chefe da Red Bull. O dirigente explicou que a nova parceria não vai agradar Ron Dennis, chefão da McLaren.
A TAG Heuer já rebatizou motores da McLaren entre 1984 e 1987 (Foto: Getty Images)
“Sei que temos um acordo para fornecimento de motores para o próximo ano. Esperem e vejam como será chamado, vai ser bom. Não acho que Ron Dennis vai ficar muito feliz com isso, mas ele não está muito feliz ultimamente, de qualquer jeito” explicou Horner, em entrevista à BBC.
 
A TAG Heuer recentemente rompeu uma parceria histórica com a McLaren, que remonta o começo da década de 1980. A marca suíça optou por fechar um acordo com a Red Bull.
 
Com os austríacos, a marca de relógios pode repetir o que já fizera exatos 30 anos atrás. Entre 1984 e 1987, os suíços batizaram os motores Porsche da McLaren, resultando na TAG Porsche. Neste período, a equipe foi bicampeã do Mundial de Construtores, além de dar títulos a Niki Lauda e Alain Prost.

 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Pior temporada em anos tem desfecho merecido e leva a pedido: F1, mude jáhttp://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/opiniao-gp-pior-temporada-em-anos-tem-desfecho-a-altura-e-leva-a-pedido-claro-f1-mude-ja

Posted by Grande Prêmio on Segunda, 30 de novembro de 2015

PADDOCK GP EDIÇÃO #8: ASSISTA JÁ

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube