Rei emérito da Espanha volta a entregar Alonso durante fim de semana no México: “Ele me disse que não tem motor”

O monarca emérito espanhol Juan Carlos I revelou que Fernando Alonso está muito insatisfeito com a falta de desempenho da unidade de força entregue pela Honda à McLaren em 2015: “Ele me disse que não tem motor e que não pode fazer nada”. Não é a primeira entregada do antigo monarca, que também contou, em novembro do ano passado, que Alonso estava de saída da Ferrari para regressar à McLaren

O rei emérito da Espanha, Don Juan Carlos I, foi uma das muitas personalidades presentes ao remodelado Autódromo Hermanos Rodríguez para acompanhar o GP do México de F1, no último domingo (1). O antigo monarca tinha uma torcida toda especial pelos seus compatriotas, mas não levou lá muita sorte. Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso, terminou apenas em 13º, enquanto Fernando Alonso completou apenas uma volta e recolheu aos boxes em razão de uma falha de potência no seu motor Honda.
 
E justamente no domingo, o antigo monarca revelou o teor da conversa que teve com Alonso. Em entrevista à emissora ‘Movistar’, Juan Carlos I contou que o bicampeão do mundo não anda nada satisfeito com sua situação na McLaren.
A paciência de Alonso com a Honda está cada vez menor (Foto: AP)
“Ele me disse que não tem motor e que não pode fazer nada”, entregou o monarca. 
 
Durante o GP do Japão, Alonso bradou contra a falta de potência do motor Honda e causou polêmica quando, na casa da montadora, em Suzuka, disse que se tratava de um “motor de GP2”, categoria de acesso à F1.
 
Foi o próprio rei emérito espanhol, muito próximo a Alonso, que revelou, em novembro de 2014 em Abu Dhabi, que o piloto estava deixando a Ferrari e partindo de volta para a McLaren. “Eu queria apoiar Fernando em sua última corrida pela Ferrari. Estive com ele, e ele me disse que vai para a McLaren e que está muito feliz”, disse à época.
 
Alonso se mostrou feliz com a presença do rei e amigo: “É uma honra que ele goste tanto de esporte e que venha sempre apoiando todos os atletas espanhóis”, falou o bicampeão.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube