Renault diz que tem motor mais potente da F1 ao lado da Ferrari

Cyril Abiteboul afirmou que o motor da Renault é tão bom quanto o da Ferrari. Afirmação foi contestada por Andy Cowell, chefe de motores da Mercedes, que crê no equilíbrio entre as montadoras, e apenas os italianos se destacam

Renault com o melhor motor da Fórmula 1? Segundo Cyril Abiteboul, chefe de equipe do time francês, a unidade de potência do time de Enstone e da McLaren é tão boa quanto a da Ferrari, que ficou marcada pela velocidade de reta em 2019.
 
Os franceses foram os únicos entre os quatro fornecedores de motores a não vencer em 2019. O último triunfo foi com Max Verstappen, da Red Bull, no GP do México de 2018. Porém, Cyril Abiteboul afirmou que com base em suas medições, a Renault tem um motor tão bom quanto o da Ferrari.
 
"De acordo com nossas medições, nós e a Ferrari temos o motor mais potente nas corridas. Depois vem Honda seguida da Mercedes", disse o chefe em entrevista ao site alemão ‘Auto Motor und Sport’.
Esteban Ocon (Foto: Renault)
A afirmação foi contestada por Andy Cowell, chefe de motores da Mercedes, atual hexacampeã mundial e com 15 vitórias em 2019. Para ele, apenas a Ferrari se destaca em relação ao nível de potência, enquanto as três outras montadoras estão parelhas.
 
"As diferenças entre Honda, Renault e nós são mínimas. Apenas a Ferrari se destaca. Potência de motor é difícil de se destacar. Na corrida, um carro rival pode se beneficiar de vácuo, DRS, estar atacando a todo o tempo ou economia de pneus", declarou Cowell.
 
Em 2019, a equipe Renault ficou na quinta posição no Mundial de Construtores, com o quarto lugar de Daniel Ricciardo na Itália como melhor resultado. Sua única cliente, a McLaren ficou à frente, e somou um pódio com Carlos Sainz no Brasil. Campeã, a Mercedes teve 15 vitórias no ano, contra 3 da Ferrari e 3 da Red Bull, abastecida pelo motor Honda.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube