Renault identifica progresso e fala em focar nos “pequenos detalhes” para melhorar performance em 2016

Chefe da Renault avaliou que o time fez progressos nas últimas corridas e precisa concentrar nos pequenos detalhes para conseguir novos avanços. Equipe francesa somou apenas seis pontos na primeira metade da temporada

Chefe da Renault, Fréderic Vasseur que a equipe pode ter uma segunda metade de temporada melhor se focar nos “pequenos detalhes”. Nas primeiras 12 corridas de 2016, a fábrica francesa somou seis pontos todos com Kevin Magnussen — e ocupa a nona colocação no Mundial de Construtores.
 
Apesar do desempenho ruim, Vasseur vê melhora na Renault e acredita que o time agora tem de focar em fazer um trabalho melhor do que na primeira parte do ano.
Renault mira pequenos detalhes para melhorar performance em 2016 (Foto: Renault)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

“Se você olhar para os últimos dois ou três eventos, nós estamos melhorando, mas precisamos focar nos pequenos detalhes”, disse Vasseur. “Nós precisamos olhar para o setup e as estratégias e garantir que estamos fazendo um trabalho melhor do que nos últimos eventos”, seguiu.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Nós também precisamos entender a gestão dos pneus um pouco melhor. Nas últimas duas ou três corridas, nós olhamos muito para isso e temos um entendimento muito melhor agora, então precisamos seguir nessa trajetória”, avaliou. “Nós estamos melhorando no grid, mas se você olhar para o ritmo de corrida, nós estamos sempre melhor do que na classificação. Isso significa que temos de tirar mais da situação de sábado”, observou.
 
“Nós estamos indo na direção certa, mas precisamos encontrar dois ou três décimos, e é nos pequenos detalhes que precisamos melhorar e encontrar isso”, apontou.
 
Diretor-técnico da Renault, Bob Bell reconheceu que o time não é tão competitivo quanto gostaria, mas admitiu que isso não chega a ser exatamente uma surpresa.
 
“Nós mão somos tão competitivos quanto gostaríamos, mas, em alguns aspectos, não estamos surpresos com esta forma”, disse Bell. “Todos os times estão achando difícil destravar verdadeiros ganhos de performance, em parte por conta da atual estabilidade do regulamento que torna complicado encontrar as peças finais do quebra-cabeças”, continuou.
 
“É também em parte por conta do esforço concentrado para 2017, que terá uma grande mudança de regulamentação — não é apenas difícil para nós, mas para todos do grid”, frisou. “Dito isto, nós temos sido muito bons em encontrar nossos pontos fortes e explorá-los, e desde [o GP da Hungria] nós vimos um progresso genuíno”, conclui.
PADDOCK GP #42 RECEBE LUCAS DI GRASSI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube