Responsável por ‘revelar’ Schumacher, Domingos Piedade morre aos 75 anos

Domingos Piedade, um dos nomes mais icônicos do automobilismo português, perdeu a luta contra o câncer de pulmão. Piedade apoiou a carreira de pilotos como Emerson Fittipaldi e Michael Schumacher, além de ocupar alto cargo na Mercedes

Domingos Piedade, um dos grandes nomes do automobilismo português, morreu neste sábado (30) em Cascais, nas redondezas de Lisboa. O antigo dirigente e empresário, que teve como pontos altos da carreira a passagem pela Mercedes e a ‘descoberta’ de Michael Schumacher ainda no kartismo, foi vítima de um câncer de pulmão aos 75 anos.
 
A passagem de Piedade pelo automobilismo teve a Alemanha como um dos principais planos de fundo. O dirigente ajudou a consolidar a AMG, divisão esportiva da Mercedes. Lá, foi vice-presidente e uma ponte importante para Schumacher. O então jovem kartista começou a passagem para o automobilismo de alto nível através da marca alemã, que defendeu por dois anos no Mundial de Sportscar antes de partir para a Fórmula 1.
Domingos Piedade ao lado de Michael Schumacher (Foto: Arquivo pessoal)
O relacionamento com pilotos brasileiros também foi notável. Piedade foi amigo próximo de Ayrton Senna e empresário de Emerson Fittipaldi. Outro piloto empresariado pelo português foi o italiano Michele Alboreto, também de longa passagem pela F1.
 
No cenário português, Domingos também deixou seu legado. O dirigente administrou o Autódromo de Estoril, o mais tradicional do país. Não por acaso, o Automóvel Clube de Portugal definiu a morte como perda de um "irmão com um coração enorme, respeitado e reconhecido internacionalmente".

Paddockast # 44
RETROSPECTIVA 2019: MUITO QUE BEM, MUITO QUE MAL

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar