Rosberg admite que vê Hamilton como ‘pedra no sapato’: “O problema é que ele guia muito bem”

De certa forma, Nico Rosberg reconheceu a superioridade do seu companheiro de equipe e rasgou elogios ao tricampeão Lewis Hamilton: “Devo melhorar um pouco para superá-lo e vencer”, declarou o alemão

Desde que passou a ter Lewis Hamilton ao seu lado nos boxes da Mercedes, a partir de 2013, Nico Rosberg foi constantemente superado pelo britânico. É bem verdade que, durante boa parte da temporada passada, o alemão conseguiu engrossar a disputa perante o rival, mas o fato é que Lewis, nos dois últimos anos de domínio da Mercedes na F1, conquistou dois títulos mundiais, virando uma grande pedra no sapato de Rosberg. Resta ao germânico reconhecer a superioridade do novo tricampeão do mundo.
 
“O problema é que eu tenho um companheiro que sabe guiar muito bem o carro. Ele é rápido, e eu devo melhorar um pouco para superá-lo e vencer”, admitiu Nico em entrevista publicada pela versão espanhola do site ‘Auto Bild’ nesta sexta-feira (30), na Cidade do México.
Rosberg enxerga o parceiro e rival, Hamilton, como uma grande pedra no seu sapato (Foto: Getty Images)
Sem chances de título, resta a Rosberg brigar pelo vice-campeonato contra Sebastian Vettel, da Ferrari. E para não ser superado pelo compatriota, Nico entende que uma vitória no fim de semana no Autódromo Hermanos Rodríguez será muito bem-vinda.
 
“Tenho chances de vencer o GP do México, isso importa muito. Vou tentar vencer, seria fantástico e pode me ajudar a terminar bem a temporada”, lembrou o alemão, que se mostrou bastante satisfeito com sua preparação para a 17ª etapa do Mundial de F1.
 
“Fiz o circuito em um simulador para aprendê-lo e agora eu o conheço muito bem, ainda que seja totalmente diferente estar no simulador e na pista. Mas estou pronto”, finalizou Rosberg.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube