Rosberg domina e comanda dobradinha da Mercedes no segundo treino livre do GP de Mônaco

A Mercedes começou e terminou na frente nesta quinta-feira (23), primeiro dia de treinos livres visando a sexta etapa do Mundial de F1. Nico Rosberg dominou as atividades da tarde em Monte Carlo e não deu chances a ninguém. Felipe Massa foi bem e terminou em quarto

AMK Viagens cria roteiro para GP da Bélgica com tour por Amsterdã

As Flechas de Prata brilharam nesta quinta-feira (23) em Monte Carlo. Depois de liderar a primeira sessão de treinos livres do GP de Mônaco, pela manhã, Nico Rosberg foi ainda melhor durante a tarde e, com os pneus supermacios, foi supremo e não deu chances a ninguém. O alemão cravou o melhor tempo do dia ao alcançar 1min14s759 em sua melhor passagem, sendo o único a andar abaixo de 1min15s. E para completar o dia extremamente positivo da Mercedes, a escuderia de Brackley fechou a dobradinha com Lewis Hamilton na segunda colocação, mas 0s318 atrás do companheiro de equipe. Definitivamente, foi uma volta monstruosa por parte de Nico.

Desta vez, a diferença da Mercedes para a Ferrari foi bem maior. Fernando Alonso foi o terceiro colocado da sessão, mas ficou 0s437 atrás do tempo de Rosberg. Felipe Massa conseguiu andar bem próximo do ritmo do seu companheiro de equipe e se colocou em quarto. A julgar pelo desempenho nos dois treinos desta quinta-feira, Mercedes e Ferrari estão bem à frente dos rivais para a sequência do fim de semana.

A Red Bull seguiu discretíssima em Monte Carlo. Mark Webber foi o melhor taurino, mas garantiu somente o quinto tempo, 0s645 atrás de Rosberg. Na sequência, dois pilotos da Lotus: Kimi Räikkönen foi o sétimo, enquanto Romain Grosjean, mesmo tendo batido na primeira hora do treino e com apenas dez voltas durante a tarde, conseguiu uma importante sétima colocação. Jenson Button foi o piloto melhor posicionado da McLaren, em oitavo. Sebastian Vettel decepcionou de novo e concluiu em nono, à frente do seu antigo rival de F3 Europeia, Paul di Resta.

Desta vez, Pastor Maldonado não repetiu a performance da manhã. Sexto colocado no primeiro treino livre, o venezuelano da Williams terminou na 14ª colocação da tomada de tempos da tarde após 36 voltas completadas.

Nico Rosberg brilhou nesta quinta-feira no circuito de rua de Monte Carlo (Foto: Getty Images)

Saiba como foi o segundo treino livre do GP de Mônaco da F1
 
A segunda sessão de treinos livres do GP de Mônaco começou bem mais agitada e com praticamente todos os pilotos na pista. Todos, menos um: Sebastian Vettel foi o único que permaneceu nos boxes enquanto via seus oponentes deixarem os boxes logo no início da tomada de tempos.

E com a pista mais emborrachada por conta dos treinos da GP2 e da própria F1 pela manhã, os tempos obtidos foram bem mais rápidos logo de cara. Depois de vários pilotos melhorarem suas marcas em relação à primeira sessão, Alonso, ainda num stint com pneus macios, nem deu bola para o tráfego intenso de Monte Carlo e logo cravou 1min15s519, então o melhor tempo do dia.

Não só Alonso, mas outros cinco pilotos melhoraram a marca de Nico Rosberg pela manhã e andaram abaixo de 1min16s. Além de Alonso, Grosjean, o próprio Rosberg, Hamilton e Webber foram mais rápidos em relação à sessão matutina. Era um princípio de treino bastante animador, bem diferente do que aconteceu mais cedo.

Homenageando François Cèvert, Jean-Éric Vergne foi o primeiro piloto a deixar os boxes usando pneus supermacios. Kimi Räikkönen também foi à pista com os pneus ‘vermelhos’, assim como Jules Bianchi e Max Chilton.
Paul di Resta mais uma vez se colocou no rol dos dez primeiros do treino (Foto: Force India)

Massa narra volta virtual no circuito de rua de Monte Carlo. Assita 

Vettel finalmente deixou os boxes com cerca de 20 minutos de treino. Com pneus duros, o tricampeão do mundo deu início ao seu primeiro stint no treino da tarde, mas não impressionou. Muito pelo contrário. Seb foi mais lento até mesmo em comparação com Mark Webber e figurava na sétima colocação. Lá na frente, Räikkönen assumia a primeira colocação ao estabelecer 1min15s511. Entretanto, o tempo do piloto da Lotus foi apenas 0s008 mais rápido que a marca de Alonso, esta feita com pneus macios.

Em seguida, foi a vez de Rosberg ir para a pista com pneus supermacios. E o alemão comprovou o quanto o W04 é rápido. Nico tinha 1min15s843 com os macios, mas melhorou em mais de um segundo com os compostos vermelhos e passou na reta dos boxes com o tempo de 1min14s759, 0s752 mais rápido que o tempo de Räikkönen, segundo colocado.

Foi a senha para todo mundo trocar os macios pelos supermacios e acelerar forte na sequência da tarde em Monte Carlo. Entre eles, Romain Grosjean. Após abrir uma volta rápida, o franco-suíço entrou na Sainte-Dévote com certo desequilíbrio e acabou perdendo o controle do belo E21 na saída da curva. Mônaco não perdoa erros, e o piloto destruiu o lado esquerdo do carro aurinegro ao bater na barreira de pneus, praticamente encerrando ali sua participação pela manhã.

A direção de prova interrompeu a execução do treino com bandeira vermelha. Não pelos detritos na pista deixados pelo acidente de Grosjean, mas sim por conta de problemas em uma zebra solta na curva da Tabacaria, a 13. Mas o treino ficou parado apenas por quatro minutos, já que os fiscais de pista lograram êxito em realizar o reparo na zebra. 
Felipe Massa fechou a quinta-feira com o quarto melhor tempo em Mônaco (Foto: Ferrari/ Studio Colombo)

Pista liberada, carros de volta para a metade final da sessão. A maioria deixou os boxes com pneus supermacios. O alvo da vez era a monstruosa marca de Rosberg. Hamilton, por exemplo, era o segundo colocado, mas testava seu W04 em ritmo de corrida, não representava uma ameaça ao seu tempo. Alonso, Webber e Räikkönen, terceiro, quarto e quinto, respectivamente, também estavam distantes do tempo do alemão, o que só prova o quanto a Mercedes vem forte para este fim de semana no Principado.

Vettel vinha em nono, mas o tricampeão estava com problemas em seu Kers, o que faz falta mesmo em uma pista como Monte Carlo. Massa melhorou sua marca e subiu para uma boa quarta colocação, ficando à frente de Webber e Räikkönen. Com 1min15s278, Feilpe só estava atrás da dupla da Mercedes e do seu companheiro de equipe, Alonso.

Com dois terços do treino já concluídos, as equipes decidiram intensificar a avaliação do ritmo de corrida dos carros, a maioria dos pilotos trabalhando com os pneus supermacios. Bem diferente da Mercedes, a McLaren vinha sofrendo problemas com seu carro. Tanto que Sergio Pérez seguia nos boxes para sua equipe realizar os reparos na asa traseira. Com 23 minutos restando para o fim da sessão, o mexicano foi à pista.

Praticamente todos os pilotos deixaram os boxes nos minutos finais, ocasionando o tráfego intenso, que é uma das marcas registradas de Mônaco. Por conta das configurações utilizadas na fase derradeira da sessão, ninguém conseguiu melhorar suas respectivas marcas, consolidando uma dobradinha da Mercedes, com Rosberg dominante e à frente de Hamilton. Definitivamente, pintou a favorita à pole-position no sábado. Para domingo, no entanto, a história pode ser bem diferente, já que a Ferrari também aparece forte e muito consistente.

F1, GP de Mônaco, Monte Carlo, treino livre 2:
1 Nico ROSBERG ALE Mercedes   1:14.759   46
2 Lewis HAMILTON ING Mercedes   1:15.077 +0.318 51
3 Fernando ALONSO ESP Ferrari   1:15.196 +0.437 38
4 Felipe MASSA BRA Ferrari   1:15.278 +0.519 39
5 Mark WEBBER AUS Red Bull-Renault   1:15.404 +0.645 42
6 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Lotus-Renault   1:15.511 +0.752 39
7 Romain GROSJEAN FRA Lotus-Renault   1:15.718 +0.959 10
8 Jenson BUTTON ING McLaren-Mercedes   1:15.959 +1.200 40
9 Sebastian VETTEL ALE Red Bull-Renault   1:16.014 +1.255 33
10 Paul DI RESTA ESC Force India-Mercedes   1:16.046 +1.287 43
11 Adrian SUTIL ALE Force India-Mercedes   1:16.349 +1.590 44
12 Sergio PÉREZ MEX McLaren-Mercedes   1:16.434 +1.675 41
13 Nico HÜLKENBERG ALE Sauber-Ferrari   1:16.823 +2.064 43
14 Pastor MALDONADO VEN Williams-Renault   1:16.857 +2.098 41
15 Esteban GUTIÉRREZ MEX Sauber-Ferrari   1:16.935 +2.176 45
16 Daniel RICCIARDO AUS Toro Rosso-Ferrari   1:17.145 +2.386 38
17 Jean-Éric VERGNE FRA Toro Rosso-Ferrari   1:17.184 +2.425 43
18 Valtteri BOTTAS FIN Williams-Renault   1:17.264 +2.505 47
19 Jules BIANCHI FRA Marussia-Cosworth   1:17.892 +3.133 41
20 Charles PIC FRA Caterham-Renault   1:18.212 +3.453 44
21 Max CHILTON ING Marussia-Cosworth   1:18.784 +4.025 41
22 Giedo VAN DER GARDE HOL Caterham-Renault   1:19.031 +4.272 31
  TEMPO 107% TL2     1:19.992 +5.233  
               
REC Kimi RÄIKKÖNEN FIN McLaren-Mercedes MP4/21   1:13.532 27/05/2006  
MV Michael SCHUMACHER ALE Ferrari F2004   1:14.439 23/05/2004  
               
  Condições do tempo                                                               SOL   ar: 19-21ºC | pista: 37-41ºC
  Pneu supermacio                               Pneu macio        

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube