Rosberg fala em erro inacreditável e se queixa de atitude de Hamilton na largada: “Ele me empurrou deliberadamente”

Nico Rosberg não conseguiu disfarçar a decepção com os resultados da corrida em Austin neste domingo (25), que acabou por coroar Lewis Hamilton como tricampeão. O alemão não soube explicar o erro que cometeu nas voltas finais e ainda reclamou da atitude do inglês na disputa entre os dois depois da largada

Nico Rosberg não conseguiu esconder a decepção por ter perdido a chance de prolongar a disputa pelo título com Lewis Hamilton na F1 em 2015. Apesar de ter largado da pole e ter apresentando um ritmo quase impecável durante todas as 56 voltas da prova em Austin, um erro acabou permitindo a ultrapassagem de Hamilton nas voltas finais. O alemão não soube explicar o aconteceu naquele momento, mas, uma vez na ponta, o britânico seguiu firme para garantir a vitória e o tricampeonato.
 
Em entrevista ao cantor inglês Elton John, ainda no pódio, neste domingo (25), Rosberg se disse desapontado. "Inacreditável", afirmou o alemão, deixando clara a tristeza por um possível novo vice-campeonato.
Nico Rosberg reconhece a derrota e saúda o tricampeão Hamilton (Foto: F1/Reprodução)
"Não sei o que aconteceu", completou Rosberg. O filho de Keke, embora decepcionado, ainda agradeceu o público norte-americano que acompanhou a F1 neste fim de semana, apesar da tempestade que atingiu a cidade texana.
 
Nico ainda reservou algumas críticas ao companheiro de equipe, especialmente na disputa dos dois na largada, quando Hamilton o espremeu na primeira curva. Rosberg acabou fora da pista na luta pela liderança. "Em minha opinião, eu tenho direito a um pouco de asfalto também. Ele me empurrou deliberadamente", afirmou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube