Sábado de classificação em Austin tem sol e temperaturas mais altas

Ainda não chega a fazer calor no Circuito das Américas, casa do GP dos Estados Unidos, mas as temperaturas certamente estão mais amenas. Conforme o sol aumenta sua presença, os termômetros passam a registrar valores entre 15ºC e 20ºC

Depois de uma sexta-feira das mais frias em Austin, o sábado (2) reserva um pouco mais de calor para equipes e pilotos da Fórmula 1. Um dia após o amanhecer com temperaturas negativas, o Circuito das Américas tem termômetros registrando 15ºC.
 
A informação é do ‘Weather Channel’, que também indica um clima agradável para o público. Além de a temperatura não passar dos 20ºC, o sol também se faz presente. Algumas nuvens deixam o céu parcialmente encoberto no fim da parte, mas não a ponto de representar uma ameaça de chuva. Tal risco, na verdade, é nulo ao longo do dia – o que tem a ver com baixa umidade relativa do ar, girando entre 20% e 30%.
O céu está azul em Austin (Foto: Red Bull)

O conjunto de condições climáticas promete ser menos desafiador para equipes. O frio de sexta-feira impediu voltas realmente representativas daquilo que se espera no domingo de GP dos Estados Unidos. Em outras palavras, o terceiro treino livre é uma chance de ouro para fazer ajustes finais nos carros.

 
O GP dos Estados Unidos tem o potencial de definir o campeão da F1 em 2019. Lewis Hamilton precisa apenas de um oitavo lugar em Austin, e isso somente se Valtteri Bottas vencer a prova. Os pilotos da Mercedes são os únicos ainda com chances matemáticas.

A F1 volta a acelerar no Circuito das Américas na tarde deste sábado, a partir de 15h (horário de Brasília), com o terceiro treino livre, enquanto a sessão classificatória acontece às 18h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga a cobertura aqui.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube