Sainz vê McLaren “com problemas” se chover em Spa. Norris sente que “dava para ir além”

A McLaren colocou os dois pilotos no top-10 do grid em Spa-Francorchamps. Agora, torce para que não chova no domingo

A McLaren colocou seus dois pilotos no Q3 da classificação para o GP da Bélgica, neste sábado (29), em Spa-Francorchamps: Carlos Sainz larga em sétimo, enquanto Lando Norris sai em 10°. Até aí, tudo bem. Eles só não querem uma coisa: chuva no domingo.

Foi o que disse Sainz, que saiu satisfeito com seu desempenho na sessão, mas já torcendo para que o clima permaneça seco: “Ano passado sofremos muito na classificação aqui, este ano estamos muito mais próximos (do topo)”, comentou.

“Se há uma prova em que não queremos que chova, é esta aqui. Tentamos usar muito downforce e não funcionou, porque ficamos balançando demais. Então estamos com a asa muito baixa. Se chover, estamos com problemas”, seguiu.

Lando Norris na Bélgica (Foto: McLaren)

Já Norris acredita que dava para ter conquistado mais que o 10° posto: “Adoraria ter ido além, e dava para ir além. Ao menos uns quatro décimos, então dava para ficar umas posições acima.”

“Mas acredito que tirei tudo que era possível do carro, maximizei o desempenho… Acaba não sendo tão ruim a posição. Sobre a chuva, quero que o clima seja o que nos deixe mais rápido. Sendo franco, acho que no seco temos mais chances”, concluiu.

O GP da Bélgica tem largada marcada para 10h10 (de Brasília) deste domingo. Antes, às 9h, o GRANDE PRÊMIO debate AO VIVO todos os detalhes da sessão classificatória e as últimas informações de Spa-Francorchamps no BRIEFING pré-corrida da sétima etapa da temporada 2020 da F1 no canal do GP no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube