Sauber nega prejuízo com relação ao novo projeto por conta dos esforços em melhorar C32 em 2013

A Sauber afirmou que os esforços para recuperar performance na segunda fase da temporada não vai prejudicar o trabalho de preparação do carro de 2014

A Sauber não acredita que sua forte performance na parte final da temporada 2013 venha a prejudicar os trabalhos de preparação para o próximo ano. Depois de marcar apenas sete pontos na fase inicial do campeonato, a esquadra suíça deu um salto de qualidade e somou 50 pontos após a pausa das férias de verão, o que a fez também superar a rival Toro Rosso no Mundial de Construtores e garantir o sétimo lugar.

"Para ser honesto, não mudamos muita coisa no carro na parte final da temporada", explicou Tom McCullough, engenheiro de pista da Sauber, em entrevista ao site da revista britânica 'Autosport'. "O que tínhamos mesmo era somente um grande pacote de atualizações. Além disso, começamos a trabalhar com o projeto de 2014 há muito tempo", completou o inglês.

Sauber somou 50 pontos na segunda fase da temporada 2014 (Foto: Getty Images)

"Sim, nós tivemos de fazer um pouco mais no carro de 2013 do que gostaríamos, mas tivemos pessoas que trabalharam muito nisso e também aprendemos muitas lições que até poderemos incorporar no carro do próximo ano. Com os recursos que dispomos, tivemos a sorte de não precisar colocar tanto esforço no carro atual", acrescentou.

McCullough disse ainda que a recuperação da Sauber durante a temporada foi mais em função de pequenos ajustes do que em uma mudança de projeto, o que teria sido, segundo ele, "fundamentalmente errado".

"Nós ainda olhamos para nós mesmos e sabemos que não fizemos um bom trabalho no início do ano. Isso é claro. Mas entendemos quais foram os principais problemas e focamos o nosso trabalho nisso. E várias coisas deram certo", emendou o engenheiro, que é alvo de rumores, que apontam para uma transferência para a Force India em 2014.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube