Vettel admite erro com pneus slicks no molhado na Turquia: “Foi pior do que esperava”

Sebastian Vettel assumiu a culpa pela troca dos pneus intermediários por slicks em uma ainda molhada pista do GP da Turquia, mas revelou que a experiência foi "pior do que esperava"

F1 NA TURQUIA: BOTTAS VENCE E VERSTAPPEN RECUPERA A LIDERANÇA DO CAMPEONATO | Briefing

18º colocado, a corrida deste domingo (10) do GP da Turquia só comprovou a grande dificuldade de Sebastian Vettel no Istambul Park. O que realmente surpreendeu durante a prova, no entanto, foi a equipe chamar o alemão para os boxes e, em uma pista ainda molhada, fazer a troca dos pneus intermediários para os slicks. A tentativa, obviamente, caiu por terra, com o tetracampeão mundial rodando já na saída dos boxes e aguentando ficar com os pneus médios por apenas uma volta.

Após a corrida, Vettel assumiu a culpa. Segundo ele, o plano parecia bom por sua avaliação da pista, mas logo que voltou, percebeu que não havia sido a melhor escolha por simplesmente não conseguir fazer os pneus slicks funcionarem nas condições difíceis do circuito.

“Eu e a equipe [fizemos a avaliação para fazer a troca para os slicks], mas, no final, eu tomei a decisão, queria arriscar”, disse Vettel após a corrida. “Os pneus intermediários já estavam muito desgastados, então pensei que os pneus slicks poderiam ser bons, mas não consegui controlá-los e simplesmente não tinha aderência suficiente. Perdi muito tempo porque não conseguia fazê-los funcionar”, acrescentou.

“Foi pior do que eu esperava, mesmo que estivesse um pouco úmido aqui ou ali, ou mesmo molhado. Eu simplesmente não consegui controlá-los e escorreguei o tempo todo”, seguiu ele.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Sebastian Vettel foi apenas o 18º colocado no GP da Turquia (Foto: AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ainda que a pista tenha melhorado em relação à caótica corrida do ano passado — principalmente em termos de aderência —, o dono do carro #5 sentiu que o circuito estava um pouco estranho e, por isso, acreditava que valia a pena testar os pneus slicks para, quem sabe, obter um resultado diferente.

“A pista é muito divertida, mas foi um pouco estranha hoje” disse Vettel, que terminou no terceiro lugar do pódio no GP da Turquia do ano passado. “Em certo ponto, pensei que estava pronto para trocar os pneus, por isso corri o risco, mas não funcionou”.

“No ano passado, pensei que seria interessante ter colocado pneus slicks a 15 voltas para o fim da corrida. Pensei que valia a pena tentar desta vez, mas provou que eu estava errado”, concluiu.

A próxima etapa da F1 é o GP dos Estados Unidos, em Austin, que acontece entre os dias 22 e 24 de outubro.

NORRIS TRAZ CONVERSA FUNDAMENTAL SOBRE PREPARO PSICOLÓGICO NA F1 | GP às 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar