Vettel vê “classificação decente” em São Paulo e espera ritmo competitivo em corrida

Sebastian Vettel ficou com o 12º tempo na classificação para a sprint race do GP de São Paulo, mas não saiu decepcionado: vê o ritmo como abaixo, sim, mas que pode melhorar para as corridas de sábado e domingo

Sebastian Vettel não foi um dos destaques da classificação desta sexta-feira (12) do GP de São Paulo, mas também não saiu muito infeliz com a 12ª colocação conquistada. É que o alemão, por mais que reconheça que não teve ritmo para brigar mais à frente no grid, acredita que a Aston Martin pode se recuperar em ritmo de corrida.

O alemão começou reconhecendo que o time não tinha como chegar ao Q3, mas, mesmo assim, que não fez um papel tão ruim, já que larga no meio do pelotão.

“Infelizmente, nós não tivemos o ritmo necessário para brigar pelo top-10. Mas, em geral, até que foi uma classificação decente”, disse.

Sebastian Vettel sai em 12º na sprint race de São Paulo (Foto: Aston Martin)

Para o tetracampeão, a posição de largada é ainda menos pior por causa da sprint race. Assim, o alemão tem mais 30 minutos no sábado, além da corrida de domingo, para se colocar na zona de pontuação do GP de São Paulo

“Acelerei muito e, considerando que há uma sprint race amanhã, sair de 12º é uma posição razoável. Espero que estejamos mais competitivos em ritmo de corrida, dá para me sentir otimista hoje”, completou.

GRANDE PRÊMIO acompanha o GP de São Paulo ‘in loco’ em Interlagos com os jornalistas Fernando Silva e Gabriel Curty, além de toda equipe de maneira remota. O GP também segue todas as atividades de pista do fim de semana AO VIVO e EM TEMPO REAL.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar