Vettel define desclassificação na Hungria como “irritante” e pede tolerância maior na F1

Sebastian Vettel garante que não houve vantagem na irregularidade que levou à desclassificação no GP da Hungria. O alemão sente que é hora de revisar o regulamento da Fórmula 1

Documentário conta com o apoio da família de Michael Schumacher (Vídeo: Netflix)

Sebastian Vettel conseguiu o segundo lugar no GP da Hungria, mas acabou desclassificado por ter menos combustível do que o permitido por regulamento após a bandeirada. A situação incomoda Sebastian Vettel, que pede uma tolerância maior da direção de prova em casos futuros.

De acordo com Vettel, não houve benefício no caso. O argumento da Aston Martin é que o combustível necessário estava no carro, mas não pôde ser extraído pela direção de prova para aferição por conta de um problema mecânico.

“Regras são regras”, refletiu Vettel, questionado durante entrevista coletiva. “A gente não sabia que tinha um problema, sendo sincero. Quando fomos checar, o combustível não estava lá e fomos desclassificados, mas achávamos que estava lá. Não sei se há uma forma melhor de lidar com isso daqui pra frente, mas não tinha muito o que pudéssemos fazer. É uma situação irritante. Primeiro, porque não tivemos uma vantagem. Segundo, porque não houve qualquer intenção ou explicação para o carro ter tão pouco combustível. Alguma coisa aconteceu durante a corrida, um vazamento ou o que for, para que o combustível não estivesse mais lá”, seguiu.

SEBASTIAN VETTEL; ASTON MARTIN; F1; FÓRMULA 1;
Sebastian Vettel perdeu um grande resultado na Hungria (Foto: Aston Martin)

A Aston Martin tentou reverter a desclassificação, mas não teve sucesso. A FIA rejeitou as supostas novas provas encontradas pela equipe britânica, o que levou à decisão de desistir por completo da briga judicial. Ainda assim, fica a sensação de que uma revisão do regulamento precisa ser feita.

“Acho que está claro no regulamento o motivo para sermos desclassificados. É irritante e eu sei bem disso porque sou quem sofreu com isso. Você não quer que isso aconteça com ninguém e talvez seja o caso de ter um pouco mais de tolerância. Mas o que precisa ser escrito no regulamento, preto no branco, eu não sei. As outras pessoas precisam pensar nisso”, encerrou Vettel.

A desclassificação levou Lewis Hamilton ao segundo lugar, com Carlos Sainz Jr. herdando um novo pódio, em terceiro. A vitória ficou com ninguém menos que Esteban Ocon.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar