Vettel crê que GP de SP “seria diferente” sem safety-car: “Custou uma posição”

Sebastian Vettel saiu em nono no GP de São Paulo e terminou a corrida na 11ª posição, fora da zona de pontuação. Alemão culpou entradas do safety-car virtual pela perda do top-10

F1 EM SÃO PAULO: TUDO SOBRE A CORRIDA EM INTERLAGOS | Briefing

Sebastian Vettel conseguiu um bom resultado na corrida sprint do GP de São Paulo no último sábado (13), e garantiu a nona colocação no grid de largada da disputa deste domingo. No entanto, não conseguiu se manter dentro do top-10 ao encerramento da disputa, cruzando a linha de chegada no 11º lugar e falhando em somar pontos pela Aston Martin na 19ª etapa de 2021 da Fórmula 1. Após a corrida, o alemão ressaltou que as entradas do safety-car vitual minaram suas chances de acabar na zona de pontuação.

“Acho que tínhamos uma boa oportunidade de marcar pontos hoje”, disse Vettel em entrevista acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO, antes de admitir que as coisas não saíram conforme o esperado. “Mas os safety-car virtuais não nos ajudaram e me custaram uma posição para Esteban [Ocon]. Sem isso, teria sido uma corrida diferente”, acredita o tetracampeão mundial, lembrando as intervenções na corrida após batidas entre Yuki Tsunoda e Lance Stroll, e Mick Schumacher e Kimi Räikkönen.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Sebastian Vettel terminou GP de São Paulo na 11ª posição e não conseguiu somar pontos para a Aston Martin (Foto: Aston Martin)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Sebastian ainda saiu em defesa da Aston Martin, alegando que a equipe tentou fazer tudo o que pôde para conseguir sair de Interlagos com ao menos um ponto. O alemão disse que quase foi possível, já que conseguia se aproximar da McLaren de Lando Norris na reta final da disputa, mas não teve ritmo suficiente para ultrapassar o inglês, que sofreu com um furo de pneu ainda na primeira volta.

“Nós ainda tentamos tudo que pudemos e escolhemos a estratégia de duas paradas, ao invés de parar apenas uma vez”, ressaltou Vettel. “Ficamos perto de marcar um ponto no final contra Lando [Norris], e estávamos alcançando ele durante as últimas voltas, mas não foi o suficiente”, encerrou o alemão, que não conseguiu passar pelo inglês, último dentro da zona de pontuação.

Vettel permanece com 42 pontos somados na tabela de classificação do campeonato, e vê Ocon, justamente seu concorrente mais próximo, somar mais quatro tentos e abrir oito de diferença na 11ª posição. No Mundial de Construtores, a Aston Martin segue em um sétimo lugar que deve durar até o final da temporada, já que está distante da Williams (23) e bem atrás de AlphaTauri e Alpine (ambas com 112).

Lewis Hamilton e a bandeira do Brasil (Vídeo: Reprodução/F1 TV)

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar